Sem Censura, agora com Cissa Guimarães, dá vida às tardes na televisão

Histórico programa da radiodifusão brasileira resgata sua essência original; atração vai ao ar de segunda a sexta-feira, das 16h às 18h, na TV Brasil


Por Wagner de Alcântara Aragão, especial para a Revista Intertelas | Do Rio de Janeiro (RJ)


Está para completar dois meses a nova versão do Sem Censura, histórico programa da radiodifusão aberta brasileira. E como tem feito bem!

As tardes na televisão ganharam vida com a atual fase da atração, que vai ao ar de segunda a sexta-feira, das 16h às 18h, na TV Brasil, a emissora pública nacional.

A essência do programa – uma roda de conversa, sobre diversos assuntos, com convidados e convidadas referência em cada um dos temas – foi resgatada.

A configuração do cenário, inclusive: com a âncora no centro, e os participantes (em média em torno de cinco, por episódio), ao redor. Ora a âncora está de frente para o espectador; ora, gira a cadeira e se dirige ao convidado.

CISSA GUIMARÃES

A tal essência foram agregados ingredientes saborosos.

A começar pela âncora – a atriz e apresentadora Cissa Guimarães. Com sua espontaneidade genuína, sua sensibilidade social e perspicácia para conduzir uma conversa, Cissa deixa fluir com leveza e descontração o papo. Sem deixar, contudo, que os assuntos sejam abordados superficialmente.

Ao contrário. Com didatismo, vai fundo nos temas. Saúde, direitos, cidadania, combate a preconceitos, agenda cultura, esportes, tem de tudo um pouco sendo debatido no Sem Censura.

E Cissa demonstra estar feliz, muito feliz na empreitada. Emana envolvimento e engajamento com os propósitos do Sem Censura e de uma emissora pública como é a TV Brasil.

SEGUNDA TELA

Outro desses ingredientes que temperam o Sem Censura é a convergência com a segunda tela.

O programa tem um número de whatsapp (21-99903-539) pelo qual os espectadores mandam perguntas. Por meio da hashtag #SemCensura também há interatividade, promovida na dosagem certa: na proporção suficiente para valorizar a interação com o público, sem exagerar com excesso de mensagens lidas.

HISTÓRIA DO PROGRAMA

De acordo com a TV Brasil, o Sem Censura está no ar desde 1985 (nos tempos da TVE do Rio de Janeiro).

O nome estava em sintonia com o momento histórico do país – o de redemocratização, depois de 21 anos de ditadura. Foi diário até 2021, quando passou a ser semanal e teve suas características alteradas.

A estreia da atual fase, em 26 de fevereiro último, foi marcada pela grande repercussão. O programa ficou entre os assuntos mais comentados nas redes sociais digitais, na tarde desse dia.

Imagem em destaque: Cissa Guimarães na bancada do Sem Censura. Foto: Tomaz Silva/ Agência Brasil




GOSTOU DO MACUCO?
Ajude a gente a se manter e a continuar produzindo conteúdo útil. Você pode:
  • Ser um assinante colaborador, depositando qualquer quantia, com a frequência que for melhor pra você. Nossa conta: Caixa – Agência 1525 Op. 001 Conta Corrente 000022107 (Wagner de Alcântara Aragão, mantenedor da Rede Macuco). Ou pelo pix: redemacuco@protonmail.com
  • Ser um anunciante, para expor seu produto, ou serviço que você oferece. A gente faz plano adequado à sua condição financeira, baratinho. Entre em contato pelo whatsapp 13-92000-2399
  • Para mais informações sobre qualquer uma das opções, ou se quiser colaborar de outra forma, escreva pra gente: redemacuco@protonmail.com

Um comentário sobre "Sem Censura, agora com Cissa Guimarães, dá vida às tardes na televisão"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 + 7 =