Em visita a Moçambique, professoras da Ufes enfatizam ensino de história e cultura africana

Também foi formalizado acordo de cooperação entre a instituição capixaba e a  Universidade Eduardo Mondlane, daquele país


Por Thereza Marinho, da Ufes | De Vitória (ES)

Aprofundar o debate sobre história e cultura afro-brasileira e africana, além de estreitar as relações entre Brasil e Moçambique.

Foi com esses objetivos que as professoras Débora Araujo, Marileide França (ambas do Departamento de Teorias do Ensino e Práticas Educacionais) e Juliana Teixeira (do Departamento de Administração), todas da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), realizaram uma visita técnica a Moçambique, entre os dias 17 a 25 de junho.

“Ter ido a Moçambique discutir assuntos relacionados a esses temas e trocar experiências sobre a cultura moçambicana foi uma oportunidade única”, afirma Débora.

Ela acrescenta que a visita possibilitou aprimorar o conteúdo sobre relações étnico-raciais, ministrado em sala de aula, em atenção à lei federal 10.639/2003, que tornou obrigatório o ensino, nas escolas, sobre história e cultura afro-brasileira.

“A realização de visitas técnicas ao continente africano é um diferencial ainda raro nas universidades”, sublinha a docente.

UNIVERSIDADE MOÇAMBIQUE

Durante a visita, as professoras conheceram a estrutura organizacional da Universidade Eduardo Mondlane, a mais antiga instituição de ensino superior de Moçambique.

Lá realizaram reuniões com diversos setores, como o Centro de Estudos Africanos (o único no continente), a Faculdade de Letras e Ciências Sociais e a Faculdade de Educação, além de participarem de uma mesa redonda sobre educação decolonial e (lite)oratura e gênero na aproximação Brasil-Moçambique.

COOPERAÇÃO INTERNACIONAL

Por meio da visita também foi iniciada a formalização de um novo acordo de cooperação internacional entre a Ufes e a Universidade Eduardo Mondlane, em reunião realizada com o diretor do Gabinete de Cooperação, Manuel Luís Chenene.

Foi apresentada uma proposta de cooperação internacional com a Universidade Rovuma (UniRovuma), em reunião com o reitor Mário Jorge dos Santos.

PÓS-GRADUAÇÃO

As professoras da Ufes também apresentaram às duas instituições informações sobre os programas de pós-graduação aos quais são vinculadas (em Educação; Profissional em Educação; em Ensino, Educação Básica e Formação de Professores; e em Administração), coletaram informações sobre a organização dos cursos de graduação e pós-graduação, e compartilharam experiências.

A visita contou com apoio financeiro da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes), da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PRPPG) e dos programas de pós-graduação Profissional em Educação (PPGPE) e de Administração (PPGAdm).


Imagem em destaque: docentes da Ufes e de instituições de ensino de Moçambique. Foto: divulgação Ufes




GOSTOU DO MACUCO?
Ajude a gente a se manter e a continuar produzindo conteúdo útil. Você pode:
  • Ser um assinante colaborador, depositando qualquer quantia, com a frequência que for melhor pra você. Nossa conta: Caixa – Agência 1525 Op. 001 Conta Corrente 000022107 (Wagner de Alcântara Aragão, mantenedor da Rede Macuco). Ou pelo pix: redemacuco@protonmail.com
  • Ser um anunciante, para expor seu produto, ou serviço que você oferece. A gente faz plano adequado à sua condição financeira, baratinho. Entre em contato pelo whatsapp 13-92000-2399
  • Para mais informações sobre qualquer uma das opções, ou se quiser colaborar de outra forma, escreva pra gente: redemacuco@protonmail.com

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 + 7 =