Pato Fu, 30 anos: turnê une música e audiovisual, e boa pitada de ousadia

Banda mineira ainda se apresenta em Timóteo (MG) e São Cristóvão (SE), depois de ter percorrido capitais durante 2023; confira pontos altos da apresentação


Por Wagner de Alcântara Aragão, para a Revista Intertelas | Do Rio de Janeiro (RJ)

Uma das bandas de maior sucesso de crítica e de público do Brasil, o Pato Fu está em turnê que celebra os 30 anos do grupo, completados em 2022. Até o final de 2023, o quinteto tem apresentações marcadas em Timóteo (MG) e São Cristóvão (SE).

Nos últimos meses, com esse show de comemoração o Pato Fu já passou por Porto Alegre, São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Curitiba. Acompanhamos, in loco, o espetáculo na capital paranaense, em 30 de setembro.

Espetáculo enquanto substantivo e enquanto adjetivo também.

A apresentação levou o público do Teatro Guaíra ao delírio, especialmente em momentos de maior ousadia do show. Um deles, na virada para o bis, quando a banda toca Capetão 66.6. Aliás, possivelmente sabedora do que esse trecho do espetáculo reserva, desde o começo parte da plateia já pedia “Capetão”. “Calma, vocês estão muito ansiosos”, respondeu com bom humor, depois de alguns clamores mais efusivos, o guitarrista John Ulhoa.

A CARACTERIZAÇÃO DE FERNANDA TAKAI

A caracterização que a vocalista, Fernanda Takai, assume ao iniciar Capetão 66.6, bem como a projeção audiovisual exibida no telão ao fundo durante a música transformam essa parte do show na mais vibrante. Tanto que, assim que a música termina e o grupo se retira, o tradicional pedido de “mais um” emerge em rotação máxima.

No retorno, estabelece-se a, digamos, normalidade do cenário, mas a contundência não baixa. Pato Fu volta com Silenciador, uma das novas músicas do grupo, que, se tem uma batida bem mais leve que Capetão 66.6, a letra é ainda mais forte – bem mais forte. A crítica à hipocrisia pelo uso do discurso religioso para justificar violências está expressa ali, sem meias palavras. “Deus fala pelo cano do meu revólver”, diz o refrão.

Falar em músicas novas, um dos destaques dessa turnê 30 anos do Pato Fu é justamente a mescla entre os clássicos e as canções recém-lançadas. “Uma banda que chega aos 30 anos, para alcançar os 40, precisa de músicas novas”, explica ao público Fernanda Takai, antes de cantar um desses lançamentos.

Mas, fique sossegado e sossegada quem vai em busca dos eternos sucessos da banda. Estão lá no apresentação, e não raro Fernanda Takai abre os microfones para que a plateia cante, à capela, trechos dessas canções. “Descobrimos que uma das coisas mais difíceis da vida é selecionar as músicas para uma turnê de 30 anos de uma banda”, confessa Takai no show.

IMAGENS DO PASSADO, PRESENTES

Falamos na projeção audiovisual durante Capetão 66.6. A convergência com essa linguagem se dá nos 90 minutos de apresentação. Quando estão sendo tocados os sucessos, surgem vídeos do passado da banda. Quando entram as novas músicas, entram os videoclipes em animação feitos para cada uma delas. Por sinal, animações que ajudam a gente a viajar na arte musical do Pato Fu.

Neste link, você pode acompanhar a agenda da turnê Pato Fu 30 anos, bem como ouvir as novas canções do grupo: https://linktr.ee/patofu.


Imagem em destaque: Pato Fu em apresentação no Teatro Guaíra, em Curitiba. Foto: @waasantista




CONTAMOS COM VOCÊ!
Para nos mantermos e continuarmos a produzir conteúdo útil.
Você pode nos ajudar. Você pode:
> Ser um assinante colaborador, depositando qualquer quantia, com a frequência que for melhor pra você. Nossa conta: Caixa – Agência 1525 Op. 001 Conta Corrente 000022107 (Wagner de Alcântara Aragão, mantenedor da Rede Macuco). Ou pelo pix: redemacuco@protonmail.com
> Ser um anunciante, para expor seu produto, ou serviço que você oferece. A gente faz plano adequado à sua condição financeira, baratinho. Entre em contato pelo whatsapp 13-92000-2399
> Para mais informações sobre qualquer uma das opções, ou se quiser colaborar de outra forma, escreva pra gente: redemacuco@protonmail.com

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 + 9 =