‘Retratos Fantasmas’ abre o Curta Santos, que segue até dia 19

Exibição de mais de 50 filmes, e ainda oficinas formativas, shows e sessões online compõem a programação, toda gratuita, do Festival de Cinema de Santos


Por Lúcio Nunes,  Caroline Souza e Natália Cuqui, da LN Textos | De Santos (SP)

O Curta Santos – Festival de Cinema de Santos atinge sua 21ª edição em 2023 e exibe, entre os dias 15 e 19 de novembro, mais de 50 filmes em suas mostras oficiais – Olhar Brasilis, Olhar Caiçara e Videoclipe Caiçara –, mostras especiais e sessões de longa-metragem. Oficinas, bate-papos e shows musicais completam a programação. Todas as atividades são gratuitas.

Na sessão de abertura foi exibido o longa ‘Retratos Fantasmas’, de Kléber Mendonça Filho, obra que representará o Brasil na disputa por uma vaga na categoria “Melhor Filme Internacional’ do Oscar 2024.

Houve ainda o pocket show ‘Nas Trilhas do Cinema’, do multiartista Zero Beto.

Já as mostras oficiais começam quinta-feira, 16 de novembro, no Teatro Guarany: Olhar Brasilis, com 13 curtas-metragens de nove estados brasileiros; Olhar Caiçara, com 13 curtas-metragens produzidos na região da Baixada Santista; e Videoclipe Caiçara, com 10 produções locais para o formato.

A curadoria da Mostra Olhar Brasilis foi realizada por Dário Félix, Edison Delmiro e Raquel Pellegrini, profissionais e educadores do setor audiovisual no litoral de São Paulo; a da Mostra Olhar Caiçara, pelo jornalista e crítico Celso Sabadin e pela professora e produtora Marina da Costa Campos; já a Mostra Videoclipe Caiçara teve suas obras selecionadas pela direção do festival.

Já a Mostra Ânima exibirá no canal oficial do Curta Santos no Youtube (youtube.com/festivalcurtasantos), 15 curtas-metragens realizados por alunos do curso de Cinema de algumas das principais universidades do país, seguidos de bate-papo com realizadores sobre suas produções e das perspectivas para o futuro do cinema no Brasil.
As sessões online ocorrem nos dias 16, 17 e 18 de novembro, às 17h.

ENCERRAMENTO NA ESCOLA DE SAMBA UNIÃO IMPERIAL

No domingo (19/11), o Festival será encerrado com a estreia nacional do filme “Nós Somos O Amanhã’, de Lufer Steffe, às 18h, no Teatro Guarany; e, em seguida, com a Festa de Premiação na Quadra da Escola de Samba União Imperial (R. São Judas Tadeu, 20/26 – Marapé), com apresentações da Bateria Balanço Verde e Rosa, da Banda Balanzê e da cantora Monna.

Os  filmes premiados nas mostras oficiais receberão o Troféu Maurice Lègeard nas seguintes categorias: Melhor Curta-Metragem, Melhor Direção, Melhor Roteiro, Melhor Ator, Melhor Atriz, Melhor Fotografia e Melhor Montagem (na Mostra Olhar Caiçara); Melhor Curta-Metragem e Melhor Direção (na Mostra Olhar Brasilis); e Melhor Videoclipe (na Categoria Videoclipe Caiçara).

Além disso, uma das parceiras do festival, a CiaRio (Centro de Estrutura Audiovisual), por meio da Naymovie, concederá o Prêmio Edina Fuji aos melhores filmes das categorias Olhar Brasilis e Olhar Caiçara, oferecendo a cada um R$ 10 mil em locação de equipamentos de iluminação, acessórios e maquinária da empresa; da mesma forma, o vencedor da categoria Videoclipe Caiçara será contemplado com R$ 8 mil.

OFICINAS FORMATIVAS

O 21º Curta Santos contará com quatro oficinas formativas.

A primeira delas será online, na quinta-feira, 16 de novembro, das 14h às 16h30:  “Cinema E Literatura: o processo de adaptação de um livro para o cinema”, com o professor. Cesar Zamberlan.

As demais atividades formativas serão presenciais. “Consultório Cinematográfico de Direção”, dirigida por Diaulas Ullysses, cineasta, vídeomaker, roteirista e professor de audiovisual, acontece dia 17 de novembro, sexta-feira, das 14h às 16h30, no Museu da Imagem e do Som de Santos (Miss).

No sábado, dia 18 de novembro, também no Miss, das 14h às 16h30, será realizada a oficina “Como Fazer um Filme Independente”, com  o roteirista e cineasta Lufe Steffen.

Por fim, “Uma Breve História Negra Nas Telas” será apresentada pela pesquisadora, crítica e curadora Vivi Pistache, dia 19 de novembro, domingo, das 15h às 17h30, no Teatro Guarany.

——-

>>> PREFIRA O TRANSPORTE PÚBLICO PARA OS DESLOCAMENTOS

  • Teatro Guarany: todas as linhas de ônibus com ponto inicial/ final no Terminal do Valongo, atrás da Estação Rodoviária de Santos Jayme Rodrigues Estrella Júnior
  • Museu da Imagem e do Som de Santos: linhas de ônibus que passam pela Avenida Rangel Pestana, ou Santa Casa, ou Canal 1 em frente ao Centro de Cultura Patrícia Galvão
  • Quadra da União Imperial: linhas 7, 13 e 77

Imagem em destaque: bastidores da preparação para a sessão de abertura do 21º Curta Santos. Foto: Thaigo Costa/ divulgação




CONTAMOS COM VOCÊ!
Para nos mantermos e continuarmos a produzir conteúdo útil.
Você pode nos ajudar. Você pode:
> Ser um assinante colaborador, depositando qualquer quantia, com a frequência que for melhor pra você. Nossa conta: Caixa – Agência 1525 Op. 001 Conta Corrente 000022107 (Wagner de Alcântara Aragão, mantenedor da Rede Macuco). Ou pelo pix: redemacuco@protonmail.com
> Ser um anunciante, para expor seu produto, ou serviço que você oferece. A gente faz plano adequado à sua condição financeira, baratinho. Entre em contato pelo whatsapp 13-92000-2399
> Para mais informações sobre qualquer uma das opções, ou se quiser colaborar de outra forma, escreva pra gente: redemacuco@protonmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 + 3 =