Ação de Geografia no ensino fundamental em Boa Vista ganha prêmio Paulo Freire

Trabalho do Programa de Residência Pedagógica da Universidade Federal de Roraima (UFRR) promove intervenções com alunos do 6º ano, na rede pública


Da Universidade Federal de Roraima (UFRR) | De Boa Vista (RR)

Os estudantes do curso de Licenciatura em Geografia do Programa de Residência Pedagógica (PRP) da Universidade Federal de Roraima (UFRR) ganharam o prêmio Paulo Freire, promovido pela Coordenação Geral do IX Encontro Nacional das Licenciaturas, VIII Seminário Nacional do Pibid e III Seminário Nacional do Programa Residência Pedagógica.

A conquista veio com o artigo “A base de conhecimentos para o ensino da geografia: experiência no programa de residência pedagógica, UFRR”.

Trata-se de um relato de experiência com base em intervenções de aprendizagem realizadas com alunos do 6º ano do ensino fundamental do Colégio Estadual Militarizado Professora Conceição da Costa e Silva, localizado em Boa Vista.

O trabalho foi elaborado pelos estudantes Renato Ferreira e Andrey Fernando de Alencar, com coautoria da professora preceptora, Adriana Monteiro e pelo professor orientador em Geografia, David Luiz Rodrigues de Almeida.

EXPERIÊNCIAS

No sétimo semestre do curso de Licenciatura em Geografia, o aluno Renato Ferreira explica que o relato presente no artigo é resultado da união das experiências dele e do colega Andrey Alencar durante essas intervenções.

“A pesquisa foi feita com o intuito de demonstrarmos aquilo que produzimos acerca de teorias e práticas que desenvolvemos dentro do Programa de Residência Pedagógica. No artigo mostramos todo o percurso que eu e o Andrey desenvolvemos no processo de ensino com esses alunos e como ao longo do tempo acabamos percorrendo caminhos diferentes durante esse processo. Assim comparamos as ações dos dois residentes com a turma”, afirma.

ÊXITOS E ERROS

Os estudantes da UFRR contam que a prática do ensino no cotidiano foi importante pelo retorno que receberam das suas aulas.

“Identificamos nossos êxitos e erros. Quisemos mostrar que dentro dos percursos que envolvem a atividade docente existem adversidades que vão além de um plano perfeito. O mais interessante dentro das percepções foi a contribuição que eles [os estudantes] nos deram para ressignificarmos o nosso ensino”, salienta Renato.

CONHECER A ESCOLA

O professor adjunto do curso de Geografia e orientador do subprojeto de Geografia do PRP, David Luiz Rodrigues de Almeida, conta que os relatos e a experiência são fundamentais para o entendimento de como é o ensino na teoria e prática.

“Conhecer a escola é um elemento fundante para pensar a atuação do professor. A partir das experiências desenvolvidas na escola de educação básica, os alunos puderam correlacionar os conhecimentos da prática pedagógica em geografia com a teoria. Pensar as metodologias usadas em sala de aula, observar o que os alunos conseguiram aprender por meio daquelas intervenções e o que ficou nebuloso também”, pontua.

SOBRE O PRÊMIO

Nesta edição do prêmio Paulo Freire, dez trabalhos foram contemplados, sendo premiados dois trabalhos completos por região.

Conforme informa a organização do evento, o objetivo da seleção “é reconhecer o mérito de trabalhos acadêmicos de alunos pibidianos e residentes”.

Como premiação, o autor principal de cada trabalho receberá o custeio da passagem e hospedagem para participação presencial no IX Encontro Nacional das Licenciaturas (Enalic), marcado para 6 a 8 de dezembro, em Lajeado (RS).

FORMAÇÃO CONTINUADA

O evento vem reunindo professores da educação básica, do ensino superior, licenciandos, pesquisadores, pós-graduandos e demais profissionais para debater e refletir sobre a formação inicial e continuada de professores da educação básica.

Para o professor da UFRR, David Luiz, o prêmio e a participação em evento nacional são motivos de orgulho.

“Vamos para o Enalic com três artigos a partir do subprojeto de geografia e uma oficina pedagógica. Estamos todos muitos felizes e isso é resultado de muito compromisso e esforços da equipe. Essa é uma forma de demonstrarmos que a região Norte tem potencial para desenvolver conhecimentos dentro do ensino da geografia”, sublinha.

SOBRE O PROGRAMA

O Programa de Residência Pedagógica, subprojeto Geografia, vinculado à UFFR, funciona como um programa da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e busca contribuir para o aperfeiçoamento da formação inicial de professores da educação básica e do curso de Licenciatura em Geografia.

No geral, o Projeto Institucional Residência Pedagógica da UFRR abarca nove subprojetos nas áreas de: Arte, Língua Portuguesa, Biologia, Pedagogia, Química e Física, Geografia, Matemática, Licenciatura Intercultural Indígena (com três núcleos), Licenciatura em Educação no Campo (com dois núcleos: Ciências da Natureza e Matemática-CNM e Ciências Humanas e Sociais – CHS).

A coordenadora institucional do Programa Residência Pedagógica na UFRR, Leuda Evangelista, contou que atualmente o programa possui 180 cotas de bolsas para residentes no valor de R$ 700.

Ela enaltece a premiação recebida pela turma de Geografia como o reconhecimento de um trabalho.

“A importância desse prêmio para o programa, os residentes, docentes, orientadores e preceptores é o reconhecimento do trabalho que tem sido construído em parceria da UFRR e as escolas de educação básica. É produção de conhecimento científico local que traduz a realidade da educação no estado de Roraima, além de contribuir para a formação acadêmica dos alunos que participaram da produção do artigo”, assinala.

Para os interessados em conhecer os resultados das ações do pessoal do Programa de Residência Pedagógica, subprojeto Geografia, basta visitar a página do subprojeto (clicando aqui) e obter mais informações.


Imagem em destaque: ação de intervenção do programa na escola, em junho último. Foto: divulgação UFRR




CONTAMOS COM VOCÊ!
Para nos mantermos e continuarmos a produzir conteúdo útil.
Você pode nos ajudar. Você pode:
> Ser um assinante colaborador, depositando qualquer quantia, com a frequência que for melhor pra você. Nossa conta: Caixa – Agência 1525 Op. 001 Conta Corrente 000022107 (Wagner de Alcântara Aragão, mantenedor da Rede Macuco). Ou pelo pix: redemacuco@protonmail.com
> Ser um anunciante, para expor seu produto, ou serviço que você oferece. A gente faz plano adequado à sua condição financeira, baratinho. Entre em contato pelo whatsapp 13-92000-2399
> Para mais informações sobre qualquer uma das opções, ou se quiser colaborar de outra forma, escreva pra gente: redemacuco@protonmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 + 7 =