Lucro dos bancos nas alturas. E Brasil no fundo do poço. Eis a verdadeira corrupção

Fortuna é garantida inclusive por dinheiro público que é repassado ao mercado financeiro. Nem governo atual nem o eleito vão acabar com essa mamata. Ao contrário. Defendem-na

Por Rosely Rocha, especial para Portal CUT | De São Paulo (SP)

Enquanto 62% dos brasileiros vivem o drama do endividamento e não têm condições de pagar suas contas, os bancos continuam obtendo lucros estratosféricos ano após ano.

A explicação para este alto endividamento dos brasileiros são os juros médios cobrados de pessoa física que passam de 52% ao ano, chegando a 280% no cartão de crédito rotativo e mais de 300% no cheque especial.

O valor dos juros pagos pelas pessoas físicas atingiu, em 2017, R$ 354,8 bilhões – 17,9% maior que o registrado em 2016.

O total pago corresponde a 372 milhões de salários mínimos ou 8,5% de todo o consumo das famílias brasileiras no ano passado.

Isso significa que 10,8% da renda anual das famílias brasileiras foram usadas apenas para o pagamento de juros no ano passado, segundo levantamento da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP).

“São recursos que saem dos bolsos das famílias e também das empresas e do governo diretamente para o caixa do setor financeiro”, diz o analista Gustavo Cavarzan, técnico da subseção Dieese da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf).

Segundo o técnico, “o Brasil tem um dos maiores patamares de spread bancário do mundo”.

O spread bancário, explica, é a diferença entre a taxa que os bancos cobram da população nos empréstimos e a taxa que eles pagam para captar nosso dinheiro, como a poupança.

“No Brasil, essa diferença é enorme e faz os juros atingirem patamares muito altos, garantindo, assim, o lucro dos bancos mesmo quando a economia não vai bem”, afirma.

POUCOS BANCOS, GRANDES FATIAS

De acordo com o técnico, os dois fatores que contribuem para essa situação são: a taxa básica de juros real (Selic) da economia brasileira, que está entre as mais altas do mundo, serve de referência para as taxas cobradas pelos bancos; e a enorme concentração do mercado bancário no Brasil onde cinco bancos controlam mais de 90% das operações e atuam como um oligopólio.

AS CIFRAS DOS LUCROS

Apenas nove primeiros meses de 2018, somente os três maiores bancos privados do país (Bradesco, Itaú e Santander) obtiveram R$ 44 bilhões de lucro – um crescimento médio de 10,1% em doze meses, de acordo com a Contraf.

No ano passado o lucro líquido dos cinco maiores bancos (Bradesco, Itaú, Santander, Caixa e Banco do Brasil) somou R$ 77,4 bilhões, 33,5% a mais do que o registrado em 2016, segundo estudo do Dieese.

NOTA DA REDE MACUCO: MAMATA COM DINHEIRO PÚBLICO

Além dos juros elevados e das taxas que os bancos cobram de seus clientes, o que garante mesmo o lucro exorbitante dessas instituições financeiras é o dinheiro público destinado a ela pelo governo federal.

Por ano, perto de R$ 1 trilhão – ou quase a metade do Orçamento da União – é repassado pelo governo ao mercado financeiro como pagamento dos juros da dívida pública.

E isso ocorre mesmo em tempos de crise como o atual. Enquanto, por meio da emenda constitucional 95, os investimentos em políticas de saúde, educação, segurança, ciência, tecnologia estão congelados, os recursos para os bancos continuam sem nenhum tipo de controle.

Sem pressão popular, esse cenário não deverá mudar tão cedo: o presidente eleito e seu ministro da Economia não pretendem mexer nessa política que torna o Brasil paraíso para o sistema bancário

Imagem em destaque: charge de Márcio Baraldi


GOSTOU DO MACUCO?

Ajude a gente a se manter e a continuar produzindo conteúdo útil. Você pode:

  • Ser um assinante colaborador, depositando qualquer quantia, com a frequência que for melhor pra você. Nossa conta: Caixa – Agência 1525 Op. 001 Conta Corrente 000022107 (Wagner de Alcântara Aragão, mantenedor da Rede Macuco; CPF 257.618.408-12)
  • Ser um anunciante, para expor seu produto, ou serviço que você oferece. A gente faz plano adequado à sua condição financeira, baratinho. Entre em contato pelo whatsapp ou telegram: 13-92000-2399
  • Para mais informações sobre qualquer uma das opções, ou se quiser colaborar de outra forma, escreva pra gente: redemacuco@protonmail.com

Um comentário sobre "Lucro dos bancos nas alturas. E Brasil no fundo do poço. Eis a verdadeira corrupção"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 + 3 =