Amamentação cruzada, mostrada na novela das nove, põe crianças em risco

Tanto a Organização Mundial da Saúde como as autoridades brasileiras no assunto não recomendam a prática, alertam Fiocruz e entidades de classe de pediatria e enfermagem

Por Wagner de Alcântara Aragão, com informações da Agência Fiocruz

O gesto é bem intencionado e bonito. No entanto, não é recomendado pelas autoridades nacionais e internacionais de saúde.

Trata-se da amamentação cruzada, que é quando uma mulher passa a amentar um bebê que não é seu. Isso geralmente ocorre quando a mãe do nenê, por alguma razão, não pode ou não consegue dar de mamar.

Recentemente, a prática foi apresentada de forma glamourizada na novela “O outro lado do paraíso”, da Rede Globo.

Em nota direcionada à emissora, o pesquisador João Aprigio Guerra de Almeida, da Fundação Oswaldo Cruz/Ministério da Saúde, e coordenador da Rede Global de Bancos de Leite Humano (além de ser secretário Executivo do Programa Ibero-americano de Bancos de Leite Humano), adverte que a amamentação cruzada gera sérios riscos à criança.

“No capítulo do dia 27 de março de 2018, foi evidenciada de forma valorosa a prática da amamentação cruzada. [Mas ela] representa um risco grave à saúde das crianças, no que se refere às doenças infectocontagiosas, particularmente o HIV/Aids”, afirma o especialista, que acrescenta: “é uma prática reconhecida pela Organização Mundial de Saúde como nociva”.

Ainda segundo o pesquisador, nos últimos anos um intenso trabalho para desestimular a prática vem sendo desenvolvida por programas em todo o mundo.

LEIA TAMBÉM

A recomendação para as mães que não conseguem amamentar seu filho é buscar um banco de leite humano. Em todo o Brasil, são 218 desses bancos.

No capítulo da novela no último dia 4, o erro foi corrigido, em cena que uma enfermeira recomenda à mãe a procura por banco de leite humano.

Foto em destaque: cena de amamentação cruzada na novela. Divulgação Rede Globo


GOSTOU DO MACUCO?

Ajude a gente a se manter e a continuar produzindo conteúdo útil. Você pode:

  • Ser um assinante colaborador, depositando qualquer quantia, com a frequência que for melhor pra você. Nossa conta: Caixa – Agência 1525 Op. 001 Conta Corrente 000022107 (Wagner de Alcântara Aragão, mantenedor da Rede Macuco; CPF 257.618.408-12)
  • Ser um anunciante, para expor seu produto, ou serviço que você oferece. A gente faz plano adequado à sua condição financeira, baratinho. Entre em contato pelo whatsapp ou telegram: 13-92000-2399
  • Para mais informações sobre qualquer uma das opções, ou se quiser colaborar de outra forma, escreva pra gente: waajornalista@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 + 6 =