Uma boa de ‘Zé Machado – O Semeador de Almas’. Por G.O.Aragão

“Foi um encontro memorável (…) Cerveja, refrigerante, água de coco à vontade e uísque do bom, do bom também um charuto (…) Lá para as tantas…”


QUEM NÃO MORREU…
Por Geraldo Oliveira Aragão | Do Rio de Janeiro (RJ)

—-

Uma boa de ‘Zé Machado – O Semeador de Almas’ que merece ser partilhada; formamos uma caravana em Nossa Senhora da Gloria e arribamos para Monte Alegre de Sergipe, para uma apresentação formal de um vivente da sua semeadura, sem registro de sua filiação.

Foi um encontro memorável, já não tinha mais a censura das que dividiram seus afetos; estava tudo pacificado, foi de fato um encontro inter geracional e poligâmico.

Formou-se aquela larga roda em torno dele, tanto dos contemporâneos que lá estavam, valorizando o honroso convite, como de filhos de mães distintas.

Eram duas estrelas principais, Zé Machado e seu filho Osmar, o anfitrião da festa, admirado por todos por ter sido prefeito daquele município.

Cerveja, refrigerante, água de coco à vontade e uísque do bom, do bom também um charuto desenrolado por seu Zé, que despertou logo a curiosidade de um dos presentes, que não se conteve e mandou: este charuto parece que é bom, né Machado? E é, disse ele – foi minha fia que trouxe de Aracaju, mas não é pro seu bico não! Houve muitas risadas mas era uma piléria sem agravamento moral.

Lá para as tantas, um senhor sentindo falta de tantos amigos comuns de outrora, onde tomavam umas cachacinhas juntos, abordou: oh Machado, cadê fulano, beltrano, sicrano…? Zé Machado parou um pouco, olhou para a lua, como que fazendo um cálculo mental, e respondeu com toda firmeza, oh! – daqueles, quem não morreu tá broco!


Imagem em destaque: ilustração do cordel “José Machado – O Semeador de Almas”, de Geraldo Oliveira Aragão (acesse aqui)




GOSTOU DO MACUCO?
Ajude a gente a se manter e a continuar produzindo conteúdo útil. Você pode:
  • Ser um assinante colaborador, depositando qualquer quantia, com a frequência que for melhor pra você. Nossa conta: Caixa – Agência 1525 Op. 001 Conta Corrente 000022107 (Wagner de Alcântara Aragão, mantenedor da Rede Macuco). Ou pelo Pix: redemacuco@protonmail.com
  • Ser um anunciante, para expor seu produto, ou serviço que você oferece. A gente faz plano adequado à sua condição financeira, baratinho. Entre em contato pelo whatsapp 13-92000-2399
  • Para mais informações sobre qualquer uma das opções, ou se quiser colaborar de outra forma, escreva pra gente: redemacuco@protonmail.com

Um comentário sobre "Uma boa de ‘Zé Machado – O Semeador de Almas’. Por G.O.Aragão"

  1. O meu avô distribuia gratuitamente o bom humor. De detalhes da vida. ele criava algo para provocar, dos presentes, gostosas gargalhadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 + 1 =