“Roça é vida”

É o título de um livro feito por quilombolas do Vale do Ribeira para transmitir conhecimento sobre a prática agrícola comunitária tradicional, que gera trabalho e renda respeitando a natureza


Por Roberto Almeida, do Instituto Socioambiental | De Eldorado (SP)

Escritores e ilustradores quilombolas e aquilombados do Vale do Ribeira, no sudoeste de São Paulo, transformaram o trabalho coletivo da roça em uma obra poética e forte.

O propósito é o de inspirar jovens, professores e professoras sobre a importância do Sistema Agrícola Tradicional Quilombola, reconhecido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) como patrimônio imaterial do Brasil.

Proposto pelo Grupo de Trabalho da Roça, o livro “Roça é vida” traz em 48 páginas uma narrativa em que os personagens são a Tradição, a Fartura, a Experiência, o Êxodo, a Continuação, o Território, a Luta, a Resistência e a Esperança – elementos presentes no dia a dia das comunidades quilombolas do Vale do Ribeira.

“Os conhecimentos quilombolas revelam uma visão de mundo voltada para o social e em consonância com a garantia de direitos tanto para seu grupo social como para a própria natureza que dele faz parte”, escreve o grupo de autores na apresentação do livro.

A história foi trabalhada pelos professores quilombolas e aquilombadas Viviane Marinho Luiz, Laudessandro Marinho da Silva, Márcia Cristina Américo e Luiz Marcos de França Dias.

As ilustrações são de Amanda Nainá, arquiteta, urbanista musicista e artesã, e Vanderlei Ribeiro, artista plástico e professor de história da rede pública.

O texto abre com um poema de Leonila Priscila da Costa Pontes, do quilombo Abobral Margem Esquerda, em Eldorado: “Quilombola sempre foi soldado / que cedo ao trabalho sai / cuida pelo seu roçado / não pode descuidar / tudo tem tempo marcado / na hora de plantar”, escreve ela.

O livro “Roça é vida” é uma ação de salvaguarda do Sistema Agrícola Tradicional Quilombola, registrado pelo Iphan em 2018. Ou seja, a publicação tem como objetivo manter o sistema vivo.

As roças dos quilombolas do Vale do Ribeira ajudam a manter a Mata Atlântica preservada.

Não por acaso, a região abriga o maior trecho desse tipo de floresta em todo o país.

——————————————-

Ficha técnica do livro Roça é Vida
Autores: Viviane Marinho Luiz, Laudessandro Marinho da Silva, Márcia Cristina Américo, Luiz Marcos de França Dias, Amanda Nainá e Vanderlei Ribeiro.
Ano: 2020
Páginas: 48
Realização: Grupo de Trabalho da Roça, Instituto Socioambiental e Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional

——————————————–


Imagem em destaque: uma das ilustrações do livro “Roça é vida”


GOSTOU DO MACUCO?
Ajude a gente a se manter e a continuar produzindo conteúdo útil. Você pode:
  • Ser um assinante colaborador, depositando qualquer quantia, com a frequência que for melhor pra você. Nossa conta: Caixa – Agência 1525 Op. 001 Conta Corrente 000022107 (Wagner de Alcântara Aragão, mantenedor da Rede Macuco)
  • Ser um anunciante, para expor seu produto, ou serviço que você oferece. A gente faz plano adequado à sua condição financeira, baratinho. Entre em contato pelo whatsapp 13-92000-2399
  • Para mais informações sobre qualquer uma das opções, ou se quiser colaborar de outra forma, escreva pra gente: redemacuco@protonmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 + 4 =