Medida que retira dinheiro do esporte atinge em cheio a formação de jovens

esporte_formacao_jogos_escolares

Mais de R$ 500 milhões por ano, que iam das loterias para projetos de formação esportiva, deverão ser perdidos. Atletas se mobilizam para evitar a aprovação da MP 841/2018

Por Wagner de Alcântara Aragão (@waasantista) | De Curitiba

Em pleno período de Copa do Mundo, quando fica bem evidente a importância do esporte para os povos, o governo golpista do Brasil baixou uma medida provisória (MP 841/2018) que tira dinheiro de projetos de iniciação esportiva em todo o país.

Atletas, gestores, especialistas, clubes, federações e confederações, e até a base de apoio ao governo ilegítimo, condenam a medida e estão se mobilizando contra a aprovação dela.

A Medida Provisória transfere boa parte da arrecadação das loterias federais, hoje destinada ao esporte, para o Fundo Nacional de Segurança Pública (chamado de FNSP). A mudança é, na prática, um contrassenso. Afinal, o investimento em esporte é um dos mecanismos para se criar oportunidades, propiciar formação humana a crianças, jovens e adolescentes, e afastar essa população do mundo do crime.

De acordo com um levantamento feito pela ong Contas Abertas, e divulgado pelo blog do jornalista Alex Pussieldi, comentarista de natação do Sportv, com a medida o esporte brasileiro deixará de receber R$ 514 milhões por ano.

As políticas públicas do Ministério do Esporte e das secretarias estaduais e municipais serão as mais prejudicadas, com perda de R$ 431 milhões. São recursos voltados ao esporte de base, não o de competição.

A MP 841/2018 foi assinada pelo presidente ilegítimo Michel Temer no último dia 11. Desde então, diversas manifestações de ícones do esporte nacional têm se manifestado pelas redes sociais e pela imprensa.

Confira alguns depoimentos:

 

  • ANA MOSER, ex-jogadora de vôlei: “É um desmonte do esporte no país (…). A medida provisória tira praticamente todo recurso do esporte no país. E esporte é desenvolvimento social, tem impacto comprovado na educação, na saúde e na segurança pública. Em todo mundo, esporte é um caminho para tirar jovens da criminalidade (…)

    PAULA, ex-jogadora de basquete: “Com essa medida, o Brasil está na contramão do mundo. Esporte também é segurança pública. Não falo do esporte da tv, falo do esporte que gera benefícios para a saúde, gera desenvolvimento social. Vamos lutar [contra a MP], como lutamos na quadras, nas pistas (…)”

    HORTÊNCIA, ex-jogadora de basquete: “Reduzir a criminalidade, a violência passa pela melhoria da educação, redução da desigualdade, geração de emprego. O esporte contribui com tudo isso e muito mais. [O dinheiro que está sendo retirado] é dinheiro para o esporte de base, não é para o esporte de alto rendimento.”

MAIS SOBRE A MP 841/2018

Imagem em destaque: partida de basquete dos Jogos Escolares de 2017 | Por @waasantista


GOSTOU DO MACUCO?

Ajude a gente a se manter e a continuar produzindo conteúdo útil. Você pode:

  • Ser um assinante colaborador, depositando qualquer quantia, com a frequência que for melhor pra você. Nossa conta: Caixa – Agência 1525 Op. 001 Conta Corrente 000022107 (Wagner de Alcântara Aragão, mantenedor da Rede Macuco; CPF 257.618.408-12)
  • Ser um anunciante, para expor seu produto, ou serviço que você oferece. A gente faz plano adequado à sua condição financeira, baratinho. Entre em contato pelo whatsapp ou telegram: 13-92000-2399
  • Para mais informações sobre qualquer uma das opções, ou se quiser colaborar de outra forma, escreva pra gente: redemacuco@protonmail.com

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 + 8 =