Final de junho? Então tem Santos Film Fest e Mostra de Cinema de Ouro Preto

De 21 a 29 é o evento no litoral de São Paulo; de 22 a 27, na cidade histórica de Minas Gerais. Exibição de filmes, palestras, debates e atividades formativas compõem programações


Com informações do Santos Film Fest | De Santos (SP)
Com informações da CineOP | De Ouro Preto (MG)

As duas são cidades históricas.

Uma, impulsionada pelo ciclo do ouro em Minas Gerais, no século XVIII.

Outra, embora fundada em 1546, expandiu-se de fato a partir do ciclo do café, na virada do século  XIX para o século XX.

No terceiro milênio, entre outras coincidências, um fato tem sido comum a ambas: em junho, o cinema toma conta delas.

Referimo-nos a Ouro Preto e a Santos.

Nesta terça, dia 21, na cidade litorânea começa o 8º Santos Film Fest.

Lançamento de livros está entre as atrações do Santos Film Fest

Até dia 29, serão exibidas pelos menos 30 obras, entre longas e curtas-metragens, além de promovidas diversas atividades artísticas, formativas e de discussão.

Todas as atrações são gratuitas, e distribuídas em 11 pontos em todas as regiões do município – inclusive com a previsão de sessões ao livre.

‘O cinema nosso de cada dia’ é o tema do Santos Film Fest 2022.

A edição homenageia o cineasta Wagner de Assis (‘Nosso Lar’, entre outros), e a designer gráfica Márcia Okida, coordenadora do curso superior de Produção Multimídia, da Universidade Santa Cecília (Unisanta).

VIRADA CINEMATOGRÁFICA

Uma das tradições do Santos Film Fest é a ‘Virada Cinematográfica’: uma madrugada inteira de exibições, encerrada com um café da manhã na aurora.

Será na ‘virada’ de sexta, dia 24, para sábado, no Cine Arte Posto 4, na Praia do Gonzaga

A programação completa do 8º Santos Film Fest pode ser conferida clicando aqui.

E EM OURO PRETO?

Bom, na cidade mineira serão 151 filmes e outras atividades compondo a 17ª edição da CineOP – Mostra de Cinema de Ouro Preto.

Neste ano, a CineOP terá sessões presenciais e online.

As sessões presenciais vão ocorrer no Centro de Artes e Convenções e na Praça Tiradentes.

Já a programação online está disponível em cineop.com.br.

A mostra, como enfatiza a organização, tem o propósito de “enfocar a preservação audiovisual, história, educação e a tratar o cinema como patrimônio”.

A 17ª CineOP termina na segunda-feira, dia 27.


Imagem em destaque: cena de ‘A história da Cutia e do Macaco’ (direção: Wisio Kawaiwete, Coletivo das Cineastas Xinguanas), um dos filmes da 17ª CineOP. Foto de divulgação




GOSTOU DO MACUCO?

Ajude a gente a se manter e a continuar produzindo conteúdo útil. Você pode:
  • Ser um assinante colaborador, depositando qualquer quantia, com a frequência que for melhor pra você. Nossa conta: Caixa – Agência 1525 Op. 001 Conta Corrente 000022107 (Wagner de Alcântara Aragão, mantenedor da Rede Macuco). Ou pelo Pix: redemacuco@protonmail.com
  • Ser um anunciante, para expor seu produto, ou serviço que você oferece. A gente faz plano adequado à sua condição financeira, baratinho. Entre em contato pelo whatsapp 13-92000-2399
  • Para mais informações sobre qualquer uma das opções, ou se quiser colaborar de outra forma, escreva pra gente: redemacuco@protonmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 + 8 =