Tóquio 2020 com regras fitossanitárias

Apesar de rumores de cancelamento das Olimpíadas, autoridades confirmam realização dos Jogos na capital do Japão, para 25 de julho a 8 de agosto


Por Jack Tarrant e Sakura Murakami, da Reuters, via Agência Brasil | De Tóquio (Japão)

O presidente da Tóquio-2020, Yoshiro Mori, disse na última semana que o Japão realizará a Olimpíada de Verão, independentemente da situação da pandemia de covid-19, e que está trabalhando intensamente com o Comitê Olímpico Internacional (COI) para fazer com que ela aconteça.

“Faremos a Olimpíada, independentemente de como está [a situação do] coronavírus”, afirmou Mori, acrescentando que o debate deveria se concentrar em como, e não se, os Jogos ocorrerão.

Os Jogos de 2020 foram adiados no ano passado devido ao surto global do novo coronavírus (covid-19).

Agora em 2021, uma disparada recente de infecções no país que causou um estado de emergência em algumas áreas provocou um questionamento sobre a possibilidade de os Jogos reagendados poderem ser realizados no verão local.

As Olimpíadas de Tóquio 2020 estão marcadas para os dias 25 de julho a 8 de agosto de 2021.

REGRAS FITOSSANITÁRIAS

A primeira das muitas regras anti-covid-19 dos Jogos de Tóquio foi anunciada no dia 3.

Ela proíbe brados e cantos durante os eventos, e obriga os participantes a usarem máscaras “o tempo todo”, menos para comer, dormir ou ao ar livre.

As medidas, que também incluem regras que proíbem autoridades e equipes de federações internacionais de usarem o transporte público sem permissão, dificilmente acalmarão o público japonês, receoso e cada vez mais resistente a sediar a Olimpíada durante uma pandemia global.

Autoridades admitiram que os Jogos de Verão em Tóquio serão “diferentes” de qualquer Olimpíada anterior, mas reiteraram que conseguirão realizar o evento adiado com segurança neste ano.

“Haverá uma série de limitações e condições que os participantes terão que respeitar e seguir, que terão um impacto em sua experiência, particularmente quando se trata do aspecto social do que a experiência olímpica pode ser”, disse Pierre Ducrey, diretor de Operações dos Jogos Olímpicos do Comitê Olímpico Internacional (COI).

As novas regras do “manual” publicado conjuntamente pelos organizadores da Olimpíada de Tóquio, pelo COI e pelo Comitê Paralímpico Internacional vão dos protocolos de lavagem frequente das mãos à desinfecção de mesas antes de refeições.

Também se exigirá que delegações e equipes escolham uma autoridade de ligação da covid-19 que terá que fazer com que os participantes obedeçam as diretrizes.


Imagem em destaque: vista área da capital do Japão. Foto de divulgação do site dos Jogos Olimpícios Tóquio 2020


GOSTOU DO MACUCO?
Ajude a gente a se manter e a continuar produzindo conteúdo útil. Você pode:
  • Ser um assinante colaborador, depositando qualquer quantia, com a frequência que for melhor pra você. Nossa conta: Caixa – Agência 1525 Op. 001 Conta Corrente 000022107 (Wagner de Alcântara Aragão, mantenedor da Rede Macuco)
  • Ser um anunciante, para expor seu produto, ou serviço que você oferece. A gente faz plano adequado à sua condição financeira, baratinho. Entre em contato pelo whatsapp 13-92000-2399
  • Para mais informações sobre qualquer uma das opções, ou se quiser colaborar de outra forma, escreva pra gente: redemacuco@protonmail.com

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 + 7 =