Oficina de linguagens para redes sociais

Primeira edição será em 9 de dezembro, em Santos. Evento é promovido pela Rede Macuco. Confira orientações para participar

Por meio do jornalista e professor Wagner de Alcântara Aragão, com monitoria da graduanda em Marketing Lindrielli Rocha Lemos, a Rede Macuco promove a oficina “Redes sociais: linguagens midiáticas, comunicação e marketing progressista”, voltada principalmente a organizações sociais e culturais, microempreendedores individuais, profissionais liberais, movimentos sociais, coletivos e estudantes.

O objetivo da oficina é propiciar a esse público um melhor aproveitamento das novas mídias nos processos de comunicação de seus projetos, ações e empreendimentos.

Assim, por meio de reflexões teóricas e atividade prática, os participantes obtêm um panorama das diferentes redes sociais disponíveis na internet, as principais características de linguagem e funcionalidade de cada uma dessas redes, comparativamente.

A primeira edição da oficina está confirmada para 9 de dezembro, um sábado, das 14h às 18h, em Santos, na sede do Porto Gente (Avenida Afonso Pena, 170, cj 61, Boqueirão, quase esquina com o Canal 4), apoiador desta primeira edição do evento.

São 20 vagas, a serem preenchidas por ordem de inscrição. O valor da inscrição é R$ 30.

Para se inscrever, são dois passos:

  1. Preencher um breve formulário de inscrição (acesse aqui). Caso tenha algum problema com o preenchimento do formulário, envie um e-mail com seu nome, seu e-mail e seu telefone para waajornalista@gmail.com, que preenchemos por aqui. Qualquer dúvida, pelo whatsapp 13-92000-2399.
  2. Efetuar o depósito referente ao valor da inscrição (R$ 30) ou, se preferir, pagar no dia, antes do início da oficina.

Importante: como a inscrição só se confirma com o pagamento, quem depositar antecipadamente vai garantir a inscrição antes da data da oficina. Os que desejarem pagar só no dia da oficina estarão sujeitos à disponibilidade de vagas no momento. Caso antes da oficina as vagas sejam preenchidas, avisaremos aqui para evitar transtornos.

A conta para depósito é: Caixa, Agência 1525, Op. 001, Conta Corrente 000022107, de Wagner de Alcântara Aragão. Sugere-se depósito identificado. Caso não seja, pedimos envio do comprovante de depósito por e-mail (waajornalista@gmail.com) ou por whatsapp (13-92000-2399), para que confirmemos a inscrição.


Planejamento da oficina:

METODOLOGIA
Aula expositivo-dialogada, execução de atividade orientada pelos ministrantes, e apresentação, pelos participantes, dos resultados dessa atividade, ao plenum.

PROGRAMAÇÃO – 9 de dezembro de 2017 – sábado – 14h às 18h

14h – Apresentação dos ministrantes e da turma.

14h30 – Discutindo e entendendo os conceitos: novas mídias x velhas mídias; novas tecnologias informacionais/comunicacionais; redes sociais; redes sociais de comunicação interativa.

15h – As principais redes sociais – histórico, desenvolvimento, estágio atual; linguagens específicas; funcionalidades; comparativo entre as redes sociais.

15h30 – Marketing Progressista: as estratégias e as ferramentas de marketing como aliada a ideias, causas; a produtores e profissionais independentes, a microempreendedores individuais. Com Lindrielli Rocha Lemos

16h – Intervalo

16h15 – Proposição de trabalho: os participantes, individualmente ou em pequenos grupos (duplas, trios), vão elaborar proposta de comunicação e marketing por meio de redes sociais (aproveitando perfis já existentes, ou criando perfis para seus projetos). Atividade orientada pelos ministrantes.

17h – Apresentação das propostas ao plenum, acompanhada de reflexões, debates e orientações gerais.

17h50 – Avaliação do evento pelos participantes; considerações finais

18h – Encerramento

MINISTRANTES

O curso será ministrado por Wagner de Alcântara Aragão, e terá monitoria de Lindrielli Rocha Lemos.

  • Wagner de Alcântara Aragão, jornalista e professor, mestrando em Estudos de Linguagens (Universidade Tecnológica Federal do Paraná, UTFPR). Editor geral da Rede Macuco e docente em disciplinas de Comunicação e Marketing, em cursos técnicos da rede estadual de ensino do Paraná. Acesse aqui o currículo lattes do ministrante.
  • Lindrielli Rocha Lemos, graduanda em Marketing (Universidade Positivo, Curitiba, PR), atua na Assessoria de Comunicação Social da Universidade Estadual do Paraná (Unespar).

—-

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

ALVES, Márcia Nogueira; ANTONIUTTI, Cleide Luciane; FONTOURA, Mara. Mídia e produção audiovisual: uma introdução. Curitiba: Editora Ibpex, 2008.

ARAÚJO, Júlio. Reelaborações de gêneros em redes sociais. In: ARAÚJO, Júlio. LEFFA, Vilson. Redes sociais e ensinos de línguas: o que temos a aprender? São Paulo: Parábola Editorial, 2016.

ARROYO, Fabiana; ARROYO, Raquel Wohnrath. Letramentos digitais e o estudo de links numa rede social. In: ARAÚJO, Júlio; LEFFA, Vilson. Redes sociais e ensino de línguas: o que temos a aprender? São Paulo: Parábola Editorial, 2016.

BAKHTIN, Mikhail Mikhailovich. Os gêneros do discurso. Tradução de Paulo Bezerra São Paulo (sp): Editora 34, 2016 [1952-1953].

BORGES, Altamiro. BIANCHI, Felipe. Blogueir@s, uni-vos! (mas nem tanto…). São Paulo: Centro de Estudos de Mídia Alternativa Barão de Itararé, 2014.

BRIGGS, Asa. BURKE, Peter. Uma história social da mídia: de Gutenberg à Internet. Tradução de Maria Carmelita Pádua Dias. Rio de Janeiro> Jorge Zahar Editora, 2006.

CASTELLS, Manuel. Redes de indignação e esperança – movimentos sociais na era da internet. Tradução: Carlos Alberto Medeiros. Rio de Janeiro: Zahar, 2013.

______. A galáxia da internet – reflexões sobre a internet, os negócios e a sociedade. Rio de Janeiro: Zahar, 2003.

CANCLINI, Néstor García. Diferentes, desiguais e desconectados. Tradução de Luiz Sérgio Henrique. 2ª ed. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 2007.

GIANNOTTI, Vito. Muralhas da Linguagem. 2ª ed. Rio de Janeiro: Editora Mauad, 2009 [2004].

LAROSE, Robert. STRAUBHAAR, Joseph. Comunicação, mídia e tecnologia. Tradução de José Antônio Lacerda Duarte. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2004.

LEMOS, André. Cibercultura: tecnologia e vida social na cultura contemporânea. 7ª ed. Porto Alegre: Sulina, 2015.

MANOVICH, Lev. Novas mídias como tecnologia e ideia: dez definições. In: LEÃO, Lúcia (org.). O chip e o caleidoscópio – reflexões sobre as novas mídias. São Paulo: Editora Senac, 2003.

RECUERO, Raquel. Redes sociais na internet. 2ª ed. Porto Alegre: Sulina, 2011.

TEJERA, Marta H. Democracia/Ciberdemocracia: relações com o campo da Comunicação Social. In: BRITTES, Juçara (org.). Saber militante: teoria e crítica nas políticas de comunicação do Brasil. São Paulo: Intercom, 2013.

TORO, José Bernardo. A construção do público: cidadania, democracia e participação. Rio de Janeiro: Editora Senac, 2005.


Livro coletânea de post dos dez primeiros anos (2005-2015) do Macuco Blog. São textos rápidos, leves, que retratam momentos históricos nas áreas de cultura, esportes, política, economia, curiosidades. Clique aqui para obter um exemplar

Um comentário sobre "Oficina de linguagens para redes sociais"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 + 7 =