A arte de países africanos nas telas da Mostra de Cinemas

Evento ocorre em São Paulo, de 6 a 20 de julho, e em Curitiba, do dia 7 ao dia 13. Há também exibições pela internet


Da Assessoria de Comunicação da Mostra de Cinemas Africanos | De São Paulo (SP)

A edição de 2022 da Mostra de Cinemas Africanos terá sessões presenciais em duas cidades: São Paulo, de 6 a 20 de julho, e Curitiba, entre os dias 7 e 13.

Também haverá exibições online, de curtas-metragens.

O evento reúne cerca de 50 títulos de 20 países africanos, com destaque para a produção feminina e filmes inéditos no Brasil.

Compõem ainda a programação atividades como debates, masterclasses e painéis, todas com a presença de convidados de nações da África.

Há opções de sessões gratuitas.

ESPAÇOS

Na capital paulista, a Mostra de Cinemas Africanos ocorre em seis espaços:

  • CineSesc São Paulo (R. Augusta, 2075 – Cerqueira César)
  • Cinusp (R. do Anfiteatro, 109) – programação alternativa
  • Circuito Spcine: Sala Lima Barreto (CCSP – Rua Vergueiro, 1000) e Sala Roberto Santos (Rua Cisplatina, 505: programação alternativa)
  • Goethe-Institut (Rua Lisboa, 974)

Na capital paranaense, a programação será nos seguintes locais:

  • Cine Passeio (R. Riachuelo, 410)
  • Cinemateca de Curitiba (Rua Presidente Carlos Cavalcanti, 1174)

Já as exibições online serão na plataforma Sesc Digital: sesc.digital

DESTAQUES

Entre os destaques deste ano estão o thriller sul-africano “Boa Senhora”, de Jenna Bass e Babalwa Baartman. Aborda as relações raciais na África do Sul pós-apartheid.

Já “Sobre a Água” marca a estreia na direção da franco-senegalesa Aïssa Maïga, que vem à capital paulista para apresentar seu documentário.

Nome de destaque no cinema francês, Aïssa acumula uma extensa carreira como atriz, roteirista e ativista. No filme, a cineasta registra os efeitos das mudanças climáticas e da globalização em uma aldeia do Níger.

ESTREIA MUNDIAL

Fazendo sua estreia mundial na Mostra de Cinemas Africanos, “Otiti”, da nigeriana Ema Edosio, segue a história de uma costureira que assume a responsabilidade de cuidar do pai doente que a abandonou quando criança.

Ema também vem ao Brasil para apresentar uma masterclass sobre sua experiência como realizadora independente na Nigéria.

Do Quênia, a comédia inédita “Contos da Cidade Acidental”, de Maimouna Jallow, mostra um eclético grupo que se reúne online para uma aula de controle de raiva.

“Nós”, de Alice Diop, é um documentário que foca em seis mulheres que transitam em uma ferrovia que cruza Paris, incluindo a própria cineasta. Ambientado na periferia da capital do Chade, o drama “Lingui”, de Mahamat-Saleh Haroun, acompanha a busca de uma mãe e sua filha de 15 anos condenadas pela religião e pela lei por buscarem uma clínica de aborto para a adolescente.

A programação também recupera títulos de outras edições e traz clássicos como “Samba Traoré” (Burkina Faso, 1992) e cópias restauradas de “Câmera da África” (Tunísia, 1983) e “Mandabi” (Senegal, 1968).

Confira outras atrações [e são muitas!] em mostradecinemasafricanos.com.

REALIZAÇÕES

Em São Paulo, a Mostra de Cinemas Africanos 2022 tem realização do Sesc São Paulo, e idealização de Ana Camila Comunicação & Cultura, em parceria com a Cartografia Filmes, Spcine e Cinusp, e apoio cultural da Embaixada da França no Brasil, Cine France, Instituto Francês e Goethe-Institut.

Em Curitiba, a Mostra de Cinemas Africanos 2022 é uma realização da Cartografia Filmes e Ana Camila Comunicação e Cultura, com apoio da Aliança Francesa – Curitiba, Cine Passeio – Icac, Cineclube Atalante, Cinemateca de Curitiba, Mubi, Goethe Institut e Embaixada França – Institut Français e conta com incentivo do Ebanx. Projeto realizado com recursos do Programa de Apoio de Incentivo à Cultura – Fundação Cultural de Curitiba e da Prefeitura Municipal de Curitiba.


Imagem em destaque: cena de Otiti, da Nigéria, que tem estreia mundial na Mostra de Cinemas Africanos. Foto de divulgação do filme




GOSTOU DO MACUCO?

Ajude a gente a se manter e a continuar produzindo conteúdo útil. Você pode:
  • Ser um assinante colaborador, depositando qualquer quantia, com a frequência que for melhor pra você. Nossa conta: Caixa – Agência 1525 Op. 001 Conta Corrente 000022107 (Wagner de Alcântara Aragão, mantenedor da Rede Macuco). Ou pelo Pix: redemacuco@protonmail.com
  • Ser um anunciante, para expor seu produto, ou serviço que você oferece. A gente faz plano adequado à sua condição financeira, baratinho. Entre em contato pelo whatsapp 13-92000-2399
  • Para mais informações sobre qualquer uma das opções, ou se quiser colaborar de outra forma, escreva pra gente: redemacuco@protonmail.com

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 + 7 =