Uma exposição de pinturas que promove a percepção das pessoas cegas

Muma_Curitiba_O sentido do olhar_exposição

‘O sentido de olhar’ apresenta 21 obras da artista Estela Sandrini, a Teca, no Muma, em Curitiba. Catálogos com link para audiodescrição e transposição de telas em 3D, para o tato, compõem a mostra, que tem entrada gratuita


Do Graciosa Arte Coletivo | De Curitiba (PR)

Fica em cartaz até este domingo, 10 de outubro, em Curitiba, a exposição ‘O sentido do olhar’ que, entre outros destaques, promove a inclusão de pessoas cegas na percepção das obras.

A mostra reúne 21 trabalhos da artista Estela Sandrini, a Teca, que aos 9 anos de idade perdeu a visão do olho esquerdo. Hoje, aos 77 anos e mais de 60 dedicados à pintura, tem apenas 5% de sua visão preservada.

Essa condição é refletida nas obras que compõem a mostra.

Parte delas constitui uma fase de trabalhos mais concretos, entre os anos 1980 e 1990, antes de a artista perder 70% de sua visão. As demais pinturas, de linguagem mais abstrata, como a própria Teca define, retratam uma característica do seu problema de visão: o branco no centro da tela, rodeado de cores, sintetizando como a pintora cada vez mais passou a enxergar o seu arredor.

Também vem da deficiência visual a preocupação em permitir que as pessoas cegas possam sentir uma obra de arte. Assim, duas telas ganharam uma versão em 3D. Por meio do tato, é possível reconhecer os elementos figurativos dos quadros.

Ainda nesses dois trabalhos transpostos, o público cego pode aprender a identificar as cores pela técnica ‘see color’, desenvolvida em pesquisa na Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Além disso, os visitantes recebem um catálogo em que estão reproduzidas todas as 20 pinturas da mostra, com indicação de um QR Code que leva à audiodescrição de cada um desses trabalhos.

Em vídeo reproduzido na exposição, Teca revela essa constante busca por, enquanto uma artista de baixa visão, comunicar-se com outros artistas e com o público também acometido por problemas de visão.

Relembra, por exemplo, que quando foi diretora do Museu Oscar Niemeyer, entre 2011 e 2017, empenhou-se em deixar o equipamento cultural “acessível às pessoas de baixa visão e às pessoas cegas”.  Providenciar maquetes, esculturas em 3D e audiodescrição de obras se tornou tarefa da equipe.

Ao final, além de tornar o museu inclusivo, a ação gerou aprendizado. “Sentimos que tínhamos aumentado nosso conhecimento”, declara.

Estela Sandrini nasceu em Curitiba, em 1944. Formou-se pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná (Embap), em 1967. Depois de exercer atividades na Argentina e nos Estados Unidos, na volta ao Brasil ingressou, nos anos 1990, na Embap, como docente. Durante todo esse período, e mesmo na condução do Museu Oscar Niemeyer, manteve sua atuação artística, a qual se dedica hoje.

——————————————-

SERVIÇO
‘O sentido do olhar’
Exposição de obras da artista Estela Sandrini, a Teca
• De 10 de julho a 10 de outubro de 2021
• Museu Municipal de Arte (Muma) de Curitiba, Sala Domício Pedroso, Portão Cultural
Avenida República Argentina, 3430 – em frente ao Terminal Portão
• De terça a domingo, das 10h às 17h30. Com mediação. Entrada gratuita
• Uso obrigatório de máscara. Há controle na entrada para se evitar aglomeração
• Mais informações e materiais: https://osentidodoolhar.art.br/

——————————————–

A exposição é realizada pelo Graciosa Arte Coletivo, conduzido pelos artistas e professores  Andréia Andrade Rocha e André Barroso da Veiga. O projeto foi contemplado pelo  Programa de Apoio e Incentivo à Cultura – Fundação Cultural de Curitiba e Prefeitura Municipal de Curitiba, com apoio do Colégio Positivo.


Imagem em destaque: salão da mostra, no Muma, em Curitiba. Foto: Wagner de Alcântara Aragão




GOSTOU DO MACUCO?
Ajude a gente a se manter e a continuar produzindo conteúdo útil. Você pode:
  • Ser um assinante colaborador, depositando qualquer quantia, com a frequência que for melhor pra você. Nossa conta: Caixa – Agência 1525 Op. 001 Conta Corrente 000022107 (Wagner de Alcântara Aragão, mantenedor da Rede Macuco). Ou pelo Pix: redemacuco@protonmail.com
  • Ser um anunciante, para expor seu produto, ou serviço que você oferece. A gente faz plano adequado à sua condição financeira, baratinho. Entre em contato pelo whatsapp 13-92000-2399
  • Para mais informações sobre qualquer uma das opções, ou se quiser colaborar de outra forma, escreva pra gente: redemacuco@protonmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 + 5 =