“Santos, 1989” resgata origem de políticas públicas que viraram referência

Livro da Editora Alameda aborda como experiências locais, na cidade litorânea, consolidaram-se em escala nacional e no exterior. É de autoria do editor da Rede Macuco


Da Editora Alameda | De São Paulo (SP)

Um livro lançado agora em fevereiro pela Editora Alameda resgata iniciativas nascidas em Santos, há 30 anos, e que se tornaram políticas públicas em âmbito nacional e obtiveram reconhecimento de instâncias internacionais.

De autoria do jornalista e professor Wagner de Alcântara Aragão [que mantém a Rede Macuco], a obra – intitulada “Santos, 1989 – as políticas públicas que inspiraram um pais (e o mundo também)” – volta três décadas no tempo para relembrar o legado de iniciativas de gestores e sociedade em áreas como saúde, educação e assistência social.

O livro relembra, por exemplo, o enfrentamento da epidemia de aids e a intervenção na Casa de Saúde Anchieta, marco para a revolução da saúde mental no Brasil. Também mostra como o Bolsa Família tem em sua essência o “Toda Criança na Escola”, programa santista que universalizou o ensino no município e combateu a evasão escolar.

A democratização do acesso a equipamentos culturais e esportivos é outro ponto abordado na obra. O livro cita a biblioteca da praia, a gibiteca, o Cine Arte Posto 4 e a Escolinha Pública de Surfe como investimentos nesse sentido, e que hoje, mais do que ícones da cidade, são reconhecidos para além de Santos.

Cinema público à beira da praia é referência no país. Filmes raros e festivais compõem programação

Segundo o autor, o objetivo foi o de recuperar a memória do período da chamada “administração democrática popular” em Santos, caracterizada pela participação, nas decisões, de diversos setores da sociedade, inclusive de espectros partidários distintos. É o período correspondente às gestões de Telma de Souza e David Capistrano da Costa Filho, ambos do PT, liderando aliança de legendas de esquerda, centro-esquerda e centro.

Não se trata, contudo, de um inventário de obras e ações, nem um relatório de prestação de contas ou panfleto proselitista. O livro mescla memórias do autor, à época adolescente, com rigor jornalístico: entrevistas, manifestações de fontes diversas naqueles períodos e dados indicadores compõem o material.

BATE-PAPO VIRTUAL

O livro se encontra à venda pelo site da Editoral Alameda, no seguinte link: <https://www.alamedaeditorial.com.br/historia/santos-1989-de-wagner-de-alcantara-aragao>.

Em breve, a editora e o autor vão promover um bate-papo virtual, para marcar o lançamento. Clique aqui e acesse o canal da editora para conferir.


Imagem em destaque: exemplar do livro. Divulgação Editora Alameda


GOSTOU DO MACUCO?
Ajude a gente a se manter e a continuar produzindo conteúdo útil. Você pode:
  • Ser um assinante colaborador, depositando qualquer quantia, com a frequência que for melhor pra você. Nossa conta: Caixa – Agência 1525 Op. 001 Conta Corrente 000022107 (Wagner de Alcântara Aragão, mantenedor da Rede Macuco)
  • Ser um anunciante, para expor seu produto, ou serviço que você oferece. A gente faz plano adequado à sua condição financeira, baratinho. Entre em contato pelo whatsapp 13-92000-2399
  • Para mais informações sobre qualquer uma das opções, ou se quiser colaborar de outra forma, escreva pra gente: redemacuco@protonmail.com

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 + 5 =