Plantão Fiscal tira dúvidas sobre FGTS, PIS/Pasep, crédito e alvarás

Voltado tanto a pessoas físicas como a microempreendores individuais, programa da UFPB está atendendo online. Orientações são gratuitas


Por Carlos Germano, da Ascom/UFPB | De Mamanguape (PB)

O projeto “Plantão Fiscal”, do Departamento de Ciências Sociais Aplicadas da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), no campus IV, em Mamanguape, no Litoral Norte paraibano, busca auxiliar a população sobre assuntos relacionados a questões básicas de ordem tributária, tendo em vista a complexidade da legislação brasileira.

De acordo com a professora Fernanda Marques, coordenadora do projeto, a iniciativa tem como foco orientar aqueles que não possuem condições de contratar um serviço contábil especializado.

Integram o público-alvo, portanto, pessoas físicas de baixa renda, microempreendedores individuais, micro e pequenos empresários e empreendedores informais.

“Com o nosso trabalho, a população do Vale do Mamanguape e região passou a ter mais conhecimento sobre informações que contribuam para o seu desenvolvimento”, garante a coordenadora do projeto.

Entre os temas abordados, estão o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), o Programa de Integração Social (PIS), o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), linha de crédito para pequenas e média empresas, dispensa de alvará para microempreendedores, entre outros.

AGORA, ATENDIMENTO ONLINE

A iniciativa teve início no ano passado.

Devido à pandemia do novo coronavírus, vem realizando suas atividades de maneira virtual, através de perfil no instagram.

“Desenvolvemos um site para fornecer informações à toda a sociedade, envolvendo pessoa jurídica e micro e pequenos empresários, além de utilizar redes sociais como instagram e whatsapp para sanar as possíveis dúvidas que os assistidos apresentem”.

No futuro, o projeto pretende intensificar suas ações nas redes sociais digitais e por meio de minicursos e palestras gratuitas.

“Capacitamos os alunos da UFPB para fornecerem orientações de maneira correta, contribuindo, assim, para o seu conhecimento e para a sua formação enquanto futuros contadores”, destaca Fernanda Marques.

Para a professora da UFPB, uma sociedade bem informada possui maiores condições para evoluir, principalmente na vertente econômica, que poderá refletir em aspectos das suas vidas.

Participam do projeto os estudantes do curso de Ciências Contábeis da UFPB, a colaboradora Thaís Lira e as coordenadoras adjuntas Josicarla Santiago, Daniela Menezes e Isabelle Rezende.


Imagem em destaque: ilustração de divulgação do projeto/UFPB


GOSTOU DO MACUCO?
Ajude a gente a se manter e a continuar produzindo conteúdo útil. Você pode:
  • Ser um assinante colaborador, depositando qualquer quantia, com a frequência que for melhor pra você. Nossa conta: Caixa – Agência 1525 Op. 001 Conta Corrente 000022107 (Wagner de Alcântara Aragão, mantenedor da Rede Macuco)
  • Ser um anunciante, para expor seu produto, ou serviço que você oferece. A gente faz plano adequado à sua condição financeira, baratinho. Entre em contato pelo whatsapp 13-92000-2399
  • Para mais informações sobre qualquer uma das opções, ou se quiser colaborar de outra forma, escreva pra gente: redemacuco@protonmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 + 8 =