Transição. Por G.O.Aragão

“Sentindo a separação do meu irmão Genivaldo de Jesus Aragão que acaba de nos deixar, fisicamente.” E publicamos aqui como homenagem aos que respeitam o próximo neste momento de pandemia, e em memória pelos que partiram


TRANSIÇÃO
Por Geraldo Oliveira Aragão | Do Rio de Janeiro (RJ)

Quando o FILHO disse que
O PAI tem muitas moradas,
Deu alento aos seus irmãos
Pra seguir suas jornadas,
Abriu-se um novo horizonte
Muito além do necromante;
Nova versão de cruzadas.

Plataforma de embarque
Tem por muro a saudade,
Quando um ente vai partir
Faz-se prece em caridade;
Esperança se renova,
Diante de outra prova
Floresce nova irmandade.

Ao libertar-se do corpo
Eleva-se sua alma
A visão ganha amplitude
Recupera-se a calma
O torpor da TRANSIÇÃO
Vira cinzas de ilusão.
É recebida com palmas.

Mesmo a planta que vinga
Tem data de validade,
Sendo incerto só dia
Em que vai virar saudade,
Por isso nos conformemos
E nunca desistiremos
De cultivar a bondade.

G. O. Aragão, 20.10.2020


Imagem em destaque: equipes de saúde de hospital de campanha em Brasília. Foto de Breno Esaki/Agência de Saúde DF/Fotos Públicas


GOSTOU DO MACUCO?
Ajude a gente a se manter e a continuar produzindo conteúdo útil. Você pode:
  • Ser um assinante colaborador, depositando qualquer quantia, com a frequência que for melhor pra você. Nossa conta: Caixa – Agência 1525 Op. 001 Conta Corrente 000022107 (Wagner de Alcântara Aragão, mantenedor da Rede Macuco)
  • Ser um anunciante, para expor seu produto, ou serviço que você oferece. A gente faz plano adequado à sua condição financeira, baratinho. Entre em contato pelo whatsapp 13-92000-2399
  • Para mais informações sobre qualquer uma das opções, ou se quiser colaborar de outra forma, escreva pra gente: redemacuco@protonmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 + 8 =