O incentivo à leitura do Clube do Livro da Expressão Popular

Já são 1.300 assinantes em todo o Brasil, que contam aqui as vantagens da associação que garante um título novo por mês


Por Mariana Lemos, do Brasil de Fato | De São Paulo (SP)

No mês de junho, o Clube do Livro da Editora Expressão Popular completou três anos de existência. Desde 2017, a editora lança um livro novo a cada mês e o envia para todos seus assinantes espalhados pelo Brasil. No último mês foram mais de 1.300 pessoas que receberam o Clube do Livro em suas casas.

Para além dos livros de literatura e teoria política que abordam temas candentes da sociedade em que vivemos, marca páginas, cartazes e cartilhas de formação produzidas pelo Instituto Tricontinental de Pesquisa Social, completam os kits recebidos a cada mês.

O coordenador da equipe da Editora, Carlos Bellé, diz que a iniciativa nasceu a partir de um conjunto de vontade: unir a distribuição de livros já editados pela Expressão Popular, com a necessidade de ampliar laços com os leitores, auxiliando também no desenvolvimento pessoal e na formação política das pessoas.

Ele cita questões teóricas sistematizadas pela teórica marxista chilena Marta Harnecker e as coloca como desafios do Clube do Livro, principalmente porque a maioria dos assinantes fazem parte da militância dos movimentos populares.

“Hoje, nós buscamos construir o enraizamento da Editora Expressão Popular em todos os espaços onde a classe trabalhadora está. Já temos a experiência do Clube do Livro, que é chegar ao endereço do militante, da liderança. Mas nós queremos chegar nas periferias, queremos chegar nas comunidades rurais, queremos chegar onde o leitor está presente, mas que não têm acesso ao livro”, ressalta.

Para a assinante do Clube, Clarice Santos, professora do curso de Licenciatura em Educação do Campo na Universidade de Brasília, o Clube do Livro é muito importante, sobretudo porque a Editora oferece livros que geralmente não estão presentes no mercado e porque têm o diferencial de chegar direto na casa das pessoas, onde quer que elas estejam.

“Essa iniciativa do Clube do Livro da Expressão Popular é muito importante, especialmente para nós que trabalhamos com a educação do campo. O Clube do Livro é uma ferramenta que faz chegar os livros a qualquer lugar deste país onde tiver uma agência de correios, tendo o poder de alcançar as pessoas que não têm acesso aos livros, que são cada vez mais caros e concentrados em grandes livrarias, localizadas basicamente em shoppings”, pontua ela.

INCENTIVO À LEITURA

Outro assinante, Rodolfo Lima, militante do Levante Popular da Juventude e doutorando em Geografia pela Universidade Estadual Paulista (Unesp), diz que o Clube do Livro é um incentivo à leitura, sobretudo para a compreensão do sistema capitalista, das crises e da correlação de forças entre os segmentos da sociedade.

“Este momento é um momento de estudar e se preparar também para o pós pandemia. E o material crítico, marxista, que tem como horizonte a revolução e a mudança estrutural da sociedade, como os livros da Expressão Popular, são as armas que a gente precisa”, disse.

Para o assinante Tiago Coutinho, professor da Universidade Federal do Ceará (UFC), na região do Cariri, o trabalho realizado pela Editora tem um diferencial muito importante.

“Atualmente eu acho que o trabalho da Expressão Popular é um dos trabalhos mais importantes no Brasil, não só pela qualidade do conteúdo dos livros, mas principalmente por ter preços acessíveis, ou seja, livros baratos que são fáceis de circular”.

SOBRE A EDITORA EXPRESSÃO POPULAR

Nascida em 1999, a Editora Expressão Popular surge do campo dos movimentos populares e possui objetivos estratégicos de contribuição na batalha das ideias contra o conservadorismo e o neoliberalismo, fortalecendo a formulação histórica da classe trabalhadora em torno de um projeto popular para o Brasil, produzindo livros acessíveis e com baixo custo. Bellé faz uma síntese da Editora:

“Poderíamos dizer que ela é síntese de debates coletivos, portanto tem um caráter coletivo. Que ela é síntese da construção de muitos, portanto ela tem um caráter solidário. Que ela é síntese daquele novo sujeito histórico que nós queremos construir, portanto ela tem um caráter militante, que é aquele que faz a transformação social. E ela também tem um caráter popular, no sentido de que todas as suas publicações se destinam para a classe trabalhadora”, explica o coordenador.

Toda a equipe das trabalhadoras e dos trabalhadores do livro, que somam cerca de 150 pessoas de Norte a Sul do país, é o que dá corpo à Editora Expressão Popular. Porém, com a pandemia do coronavírus, não só as pessoas estão isoladas, mas os livros também, segundo Bellé.

Por isso que uma nova iniciativa está sendo gestada, a Ação Literária Cultura e Solidariedade, que visa abarcar cerca de 130 cidades, disponibilizando os títulos publicados pela editora com 50% de desconto nos próximos três meses.

>Para se tornar assinante do Clube do Livro basta acessar o site da Editora Expressão Popular, fazer o cadastro, escolher a modalidade que mais se encaixa no seu perfil, autorizar o pagamento e aguardar o próximo livro chegar até você. No mês de agosto, a editora lançará, em parceria com o Instituto Tricontinental, o livro “As veias do sul continuam abertas”, organizado pelo professor e economista argentino Emiliano López.


Imagem em destaque: sede da Expressão Popular, em São Paulo. Foto de divulgação


GOSTOU DO MACUCO?
Ajude a gente a se manter e a continuar produzindo conteúdo útil. Você pode:
  • Ser um assinante colaborador, depositando qualquer quantia, com a frequência que for melhor pra você. Nossa conta: Caixa – Agência 1525 Op. 001 Conta Corrente 000022107 (Wagner de Alcântara Aragão, mantenedor da Rede Macuco)
  • Ser um anunciante, para expor seu produto, ou serviço que você oferece. A gente faz plano adequado à sua condição financeira, baratinho. Entre em contato pelo whatsapp 13-92000-2399
  • Para mais informações sobre qualquer uma das opções, ou se quiser colaborar de outra forma, escreva pra gente: redemacuco@protonmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 + 8 =