Povo se mobiliza pela quarentena na cidade mais indígena do Brasil

Carro de som percorre São Gabriel da Cachoeira pedindo, em língua nativa, que população volte a respeitar o isolamento social, como vinha acontecendo no início da pandemia.


Do Instituto Socioambiental (ISA) | De São Gabriel da Cachoeira (AM)

As ações de prevenção ao novo coronavírus ganharam reforço em São Gabriel da Cachoeira, no Amazonas.

Desde 14 de abril, passou a circular nas ruas da cidade um carro de som com mensagens alertando contra a doença e orientando sobre as medidas de prevenção. O principal objetivo é conscientizar a população, pois muitas pessoas não estão respeitando o isolamento social ou outras medidas determinadas pela Prefeitura.

A mobilização social reúne Instituto Socioambiental (ISA), Rede Wayuri e Federação das Organizações Indígenas do Rio Negro (Foirn), com apoio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), Polícia Militar (PM) e voluntários.

Seguindo a determinação para evitar agrupamentos, a mobilização conta com um número reduzido de pessoas que também percorrem o trajeto repassando informações.

No carro do som são veiculadas mensagens gravadas por Cláudia Ferraz, do povo Wanano e Lucas Matos (Tariano), da Rede Wayuri de Comunicação, e também as informações repassadas no momento da ação. Todo o material divulgado está de acordo com diretrizes do Ministério da Saúde e da Semsa.

“Essa ação é necessária porque muita gente não tem como se informar pela internet. Então, com o carro de som passando, vai circular mais informação. E vale também para aqueles que começaram a afrouxar nas medidas de prevenção”, disse Edneia Teles, da etnia Arapaso, membro do Departamento de Comunicação da Foirn.

O carro de som percorrerá diariamente vários circuitos de São Gabriel na área urbana e periurbana até meados do mês de maio para alertar a população, inclusive com áudios nas línguas indígenas da região.

A enfermeira Lucilene dos Santos Machado, da Semsa, relatou preocupação frente ao grande desafio de conseguir o apoio popular na prevenção da covid-19. Ela mesma usa o microfone para ressaltar a importância do isolamento social, de lavar as mãos, manter a casa limpa, entre outras medidas preventivas.

O carro de som percorre as ruas do Centro, da Orla e do Bairro São Jorge, também conhecido como Tirirical.

RELATOS

As irmãs Lourdes de Andrade, de 65 anos, e Cilene de Andrade, de 64 anos, aprovaram a iniciativa. Elas moram uma do lado da outra, na Avenida Sete de Setembro. “Mas não são todos que obedecem”, conta Lourdes. Ambas dizem que saem de casa muito pouco, apenas para fazer as compras do mês.

Na avenida que passa pela orla, moradores relatam que a movimentação na praia havia caído muito, mas agora aumentou.

A indígena da etnia Tukano Galdina Pedrosa Garcia, da comunidade de Curicuriari, esteve dias atrás em São Gabriel. Ela disse que está tomando cuidado, pois as lideranças locais estão repassando as orientações. Mas precisou levar o filho ao dentista.

Edneia Teles reforça que, logo após o prefeito decretar emergência em saúde, houve uma grande adesão da população ao isolamento social. Mas, depois das falas do presidente Jair Bolsonaro, muitos cidadãos questionaram a medida. Com isso, o movimento nas ruas aumentou. “Eu vejo nos grupos que muitos estão levando na brincadeira, fazendo memes e até organizando torneios de futebol. Mas esse comportamento coloca em risco as comunidades”, lamentou.


Imagem em destaque: grupo que percorre as ruas de São Gabriel da Cachoeira. Foto: Ana Amélia Handam/ISA


GOSTOU DO MACUCO?
Ajude a gente a se manter e a continuar produzindo conteúdo útil. Você pode:
  • Ser um assinante colaborador, depositando qualquer quantia, com a frequência que for melhor pra você. Nossa conta: Caixa – Agência 1525 Op. 001 Conta Corrente 000022107 (Wagner de Alcântara Aragão, mantenedor da Rede Macuco; CPF 257.618.408-12)
  • Ser um anunciante, para expor seu produto, ou serviço que você oferece. A gente faz plano adequado à sua condição financeira, baratinho. Entre em contato pelo whatsapp 13-92000-2399
  • Para mais informações sobre qualquer uma das opções, ou se quiser colaborar de outra forma, escreva pra gente: redemacuco@protonmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 + 7 =