BIFF, festival de filmes de Brasília, até domingo, pela internet

Obras de ficção e documentários, e também uma programação infantil, compõem a mostra, que em função da pandemia terá exibições gratuitas pela plataforma Looke.


Da Secretaria de Cultura do Distrito Federal | De Brasília (DF)

A sétima edição do Brasília International Film Festival (BIFF), evento brasileiro dedicado ao trabalho de cineastas estreantes no Brasil e no mundo, vai celebrar os 60 anos de Brasília em formato inédito.

Pela primeira vez, os filmes inéditos (ficção e documentários) que tradicionalmente ocupam o Cine Brasília, e os títulos do BIFF Júnior, braço infantojuvenil do festival, programados para unidades do Sesc, serão exibidos em um ambiente virtual, por meio de uma plataforma de streaming, de 21 a 26 de abril.

A mudança nos planos foi de última hora em razão da pandemia de coronavírus (Covid-19), e o BIFF passa a acontecer na plataforma brasileira de distribuição digital Looke, que poderá ser acessada a partir de dispositivos eletrônicos diversos: smartphones computadores, e até projetores.

A produção aposta que o BIFF Júnior terá um papel relevante em oferecer distração de boa qualidade para toda a família em um momento de isolamento social.

“A Looke tornou-se nossa parceira e representa um apoio técnico colossal, capaz de suportar até 10 milhões de acesso por filme”, festeja a criadora e curadora do BIFF, Anna Karina de Carvalho.

Serão exibidas 27 obras.

A produtora do BIFF destaca nessa edição a preocupação especial com a seleção dos filmes para a mostra infantojuvenil no sentido de que tragam subsídios para discussões que possam ser feitas em família, em casa, em tempos de reclusão social em virtude da pandemia.

“Assuntos como bullying e aqueles ligados à orientação sexual poderão promover mais diálogo com um público que gasta muito tempo nas redes”, aposta Anna Karina. “O cinema se presta bem a isso. Você assiste aos filmes e pode abordar em seguida questões delicadas”, sugere.

Entre os destaques do BIFF Júnior estão o nacional “Alíce Júnior” (Gil Baroni com Anne Celestino) – justamente sobre uma jovem que produz conteúdos sobre sexualidade para a rede e sofre discriminação” –, e o italiano “Copperman” (Eros Puglielli).

HOMENAGEM

O BIFF elegeu homenagear nesta edição o ícone Kirk Douglas (1916-2020), falecido nos Estados Unidos com 103 anos no mês passado.

O crítico Mario Abadde vai comentar alguns dos sucessos estrelados pelo ator e selecionou cinco filmes que percorrem sua trajetória: “Assim estava Escrito” (The Bad and the Beautiful, 1952), de Vincente Minnelli; o clássico “Spartacus” (1960), de Stanley Kubric; “Sede de viver” (Lust for Life, 1956), de Minnelli e George Cukor; “Sua última façanha” (Lonely are the brave, 1962), de David Miller; e “A montanha dos sete abutres” (Ace in the hoje, 1951), obra-prima de Billy Wider sobre a manipulação dos fatos pelo jornalismo sensacionalista.

A curadora do BIFF, batizada com o nome profissional da atriz Hanna Karin Blarke Bayer (1940-2019), estrela do francês Jean-Luc Godard, vai prestar uma homenagem a uma das musas do Nouvelle Vague (estilo contestatório dos anos 1960 em linguagem e temática), exibindo o documentário de 2017 do viúvo da atriz, Dennis Berry, “Anna Karina, souvien-toi?” (Anna Karina, te lembras?, tradução livre).

O documentário, como os demais filmes do festival, terá legenda em português.


Imagem em destaque: cena de Blue Girl, documentário do Irã, em exibição no BIFF.


GOSTOU DO MACUCO?
Ajude a gente a se manter e a continuar produzindo conteúdo útil. Você pode:
  • Ser um assinante colaborador, depositando qualquer quantia, com a frequência que for melhor pra você. Nossa conta: Caixa – Agência 1525 Op. 001 Conta Corrente 000022107 (Wagner de Alcântara Aragão, mantenedor da Rede Macuco; CPF 257.618.408-12)
  • Ser um anunciante, para expor seu produto, ou serviço que você oferece. A gente faz plano adequado à sua condição financeira, baratinho. Entre em contato pelo whatsapp 13-92000-2399
  • Para mais informações sobre qualquer uma das opções, ou se quiser colaborar de outra forma, escreva pra gente: redemacuco@protonmail.com

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 + 6 =