Vai rolar o Festa. Com O Berro do Povo

Festival Santista de Teatro chega à 61ª edição, com quase dez dias de programação gratuita (30 de agosto a 7 de setembro), entre peças da mostra oficial e dezenas de atividades paralelas.

Por Wagner de Alcântara Aragão (@waasantista) | De Curitiba (PR)

O mais antigo em artes cênicas em atividade no Brasil, o Festival Santista de Teatro – o Festa, como é conhecido – chega à 61ª edição em 2019, com uma programação que homenageia o dramaturgo Plínio Marcos (1935-1999).

A obra “O Berro do Povo”, do próprio Plínio, é inspiração para o tema central do Festa neste ano.

No momento em que o Brasil sofre uma série de retrocessos, e vê dominar o discurso de ódio e medidas que retiram direitos sociais da população mais pobre, o Festival Santista de Teatro se propõe a simbolizar resistência.

O que, aliás, está na origem do festival – criado em 1958 pela escritora, jornalista, produtora cultural e, principalmente, militante política Patrícia Galvão, a Pagu.

PROGRAMAÇÃO

A abertura do Festa é na sexta-feira 30 de agosto, às 20h30, no Teatro do Sesc Santos, com o musical “Inútil Canto E Inútil Pranto Pelos Anjos Caídos”, texto original de Plínio Marcos, e direção atual de Rogério Tarifa.

A peça tem entrada gratuita, assim como todas as outras apresentações e demais atividades do Festa 61.

A programação ocorre em vários pontos de Santos, como Teatro Guarany, Teatro Municipal Brás Cubas, Centro Cultural Cadeia Velha, Praça dos Andradas, Praça Nagasaki e Ocupação Anchieta.

Para acompanhar a programação completa, sugerimos conferir nas redes sociais do Festa 61:

Confira sobre o Festa também:

O FESTA PELO FESTA:

“Do evento [criado por Pagu], despontaram dramaturgos como Plínio Marcos e Carlos Alberto Soffredini. [O Festa] também se posiciona historicamente ao propor o debate e a reflexão sobre as artes e políticas culturais. Pelos seus palcos já passaram atrizes e atores com Regina Duarte, Cleyde Yáconis, Ney Latorraca, Sérgio Mamberti, Bete Mendes, Jandira Martini, Nuno Leal Maia, Herson Capri, e Alexandre Borges, entre outros.”

> Imagem em destaque: arte de divulgação do Festa 61



GOSTOU DO MACUCO?

Ajude a gente a se manter e a continuar produzindo conteúdo útil. Você pode:

  • Ser um assinante colaborador, depositando qualquer quantia, com a frequência que for melhor pra você. Nossa conta: Caixa – Agência 1525 Op. 001 Conta Corrente 000022107 (Wagner de Alcântara Aragão, mantenedor da Rede Macuco; CPF 257.618.408-12)
  • Ser um anunciante, para expor seu produto, ou serviço que você oferece. A gente faz plano adequado à sua condição financeira, baratinho. Entre em contato pelo whatsapp 13-92000-2399
  • Para mais informações sobre qualquer uma das opções, ou se quiser colaborar de outra forma, escreva pra gente: redemacuco@protonmail.com

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 + 4 =