Santos e Vitória abrem desfiles das escolas de samba 2019

Homenagens a Mandela, Adoniran Barbosa e Aroldo Melodia, e ainda enredo sobre o circo estão entre as promessas de destaque na Dráusio da Cruz, o sambódromo santista

Por Wagner de Alcântara Aragão (@waasantista) | De Curitiba

O Carnaval dos desfiles das escolas de samba começa neste fim de semana.

Pelo menos em Santos e em Vitória vai ter agremiação na avenida e arquibancadas lotadas para conferir uma das maiores obras de arte popular do país.

Na capital capixaba, das 19 escolas, dividas em três grupos, quatro se apresentaram na noite desta quinta-feira, dia 21.

As apresentações mais aguardadas, das sete agremiações do grupo especial, ocorrem na noite de sábado, dia 23.

Para não coincidir com a agenda do Rio de Janeiro, os desfiles no Sambão do Povo – o sambódromo de Vitória – são antecipados em uma semana em relação ao Carnaval.

O intuito é de não concorrer com a festa carioca, e permitir o intercâmbio entre as agremiações capixabas e fluminenses.

Também para permitir o intercâmbio de profissionais, destaques e foliões, os desfiles das escolas de samba de Santos são igualmente antecipados em uma semana.

Assim, é possível que tanto o pessoal de São Paulo como o do Rio participem do Carnaval santista (e vice-versa).

Em 2019, são duas noites de desfiles na Passarela do Samba Dráusio da Cruz: sexta-feira, dia 22, para sábado, dia 23; e sábado 23 para domingo, dia 24.

Na sexta, as cinco agremiações do grupo 1 e quatro do grupo especial; no sábado, as oito escolas do grupo especial.

Reproduzimos, a seguir, texto da Prefeitura de Santos sobre os enredos do grupo especial:

“A Mocidade Dependente do Samba traz A Encantaria de Dom Sebastião Nas Dunas de Upaon-Açu, que homenageia as histórias da Ilha do Estado do Maranhão batizada pelos Índios Tupinambás.

Em seguida, a história de resiliência africana inspira a Vila Mathias no enredo A Vila Canta Mandela – O Caminho da Liberdade. Terceira escola a desfilar, a Amazonense homenageia sua cidade com o tema Guarujá, Guary-Yá, Viagem a Ilha do Sol! A Verdadeira Pérola do Atlântico.

Atual campeã do Carnaval de Santos, a União Imperial vem saudar a milenar arte do circo com Respeitável Público… O Picadeiro é Verde e Rosa? É Sim, Senhor. Logo depois, a X-9 chega para celebrar um dos grandes nomes da música brasileira com o enredo Adoniran Barbosa Em Crônicas da Vida – Resiste o Samba; Renasce o Artista.

Reverenciado por diversos nomes do universo do samba, o compositor e interprete Aroldo Melodia será tema do desfile da Unidos dos Morros em Da Ilha de Lá ao Morro de Cá. Aroldo Melodia a voz que faz o povo sonhar!.

Em seguida, a Sangue Jovem apresenta Dos Olhos do Menino, o Fruto Guaraná, enredo que conta uma lenda indígena cheia de amor, crenças e surpresas, revelando o surgimento de um fruto tipicamente brasileiro, que saiu da Amazônia para conquistar o mundo.

Para encerrar os desfiles, a Real Mocidade chega à Dráuzio da Cruz com Real’mbanda: 110 Anos Trilhando o Caminho da Cura!, uma grande homenagem à Umbanda, trabalhando nas alegorias e fantasias sete elementos da natureza: cristalino, mineral, vegetal, fogo, ar, terra e água.”

CONFIRA TAMBÉM:

Imagem em destaque: desfile em Santos, em 2016. Por @waasantista/acervo @redemacuco


O resgate do Carnaval de Santos contado em um livro reportagem. Clique aqui para obter um exemplar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 + 6 =