Os destaques do Brasileirão 2018

Confira relação do Prêmio da Rede Macuco, bem como o ranking de todos os campeões brasileiros, de 1959; e ainda os classificados para a Libertadores e a Sul-Americana, ano que vem

Por Wagner de Alcântara Aragão (@waasantista) | De Curitiba (PR)

O nível técnico foi dos piores.

A entrega do troféu, na última rodada, foi marcada pela deplorável bajulação ao presidente eleito defensor da tortura.

Mas o Campeonato Brasileiro de Futebol deste ano – o Brasileirão 2018 – chegou ao fim neste domingo, dia 2, com destaques alentadores também.

Como as revelações Pedrinho, do Fluminense, e Rodrygo, do Santos.

Veteranos conservando futebol de qualidade – Ricardo Oliveira, do Atlético-MG, e Diego, do Flamengo, para citar dois exemplos.

Uma boa safra de goleiros. Além dos já consagrados Fábio (Cruzeiro), Vanderlei (Santos) e Cássio (Corinthians), emergentes como Weverton (Palmeiras) e César (Flamengo).

Novos técnicos na praça – Tiago Nunes (Atlético-PR) e Odair Hellmann (Internacional). Experientes no auge – Felipão (Palmeiras), Renato Gaúcho (Grêmio) – ou em recuperação (Cuca, Santos; Dorival Jr., Flamengo).

A nossa seleção do nacional – o Prêmio Brasileirão da Rede Macuco – é a seguinte:

  • GOLEIRO: Fábio (Cruzeiro)
    LATERAL DIREITO: Rodinei (Flamengo)
    LATERAL ESQUERDO: Renê (Flamengo)
    ZAGUEIROS: Edu Dracena (Palmeiras) e Geromel (Grêmio)
    MEIO CAMPO: Rodrigo Dourado (Internacional), Bruno Henrique (Palmeiras) e Cazares (Atlético/MG)
    ATAQUE: Pablo (Atlético/PR), Dudu (Palmeiras) e Gabigol (Santos)
    TÉCNICO: Tiago Nunes (Atlético/PR)
    REVELAÇÃO: Pedrinho (atacante, Fluminense)
    DESTAQUE ESTRANGEIRO: Carlos Sánchez (Uruguai, Santos)

Nesta segunda-feira, dia 3, o canal ESPN entrega a tradicional Bola de Prata, prêmio para os destaques do Brasileirão, e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) realiza a sua tradicional premiação. No domingo, 9 de dezembro, será a vez do tradicional Troféu Mesa Redonda, da Gazeta Esportiva/TV Gazeta.

LIBERTADORES E SUL-AMERICANA

Ainda nesta segunda, a CBF confirmou os classificados, no Brasileirão, para a Libertadores e a Sul-Americana de 2019.

Os classificados para a Libertadores são:

  • PALMEIRAS, como campeão do Brasileirão
    FLAMENGO, como vice-campeão
    INTERNACIONAL, terceiro colocado
    GRÊMIO, quarto colocado
    SÃO PAULO, quinto colocado (pré-Libertadores)
    ATLÉTICO/MG, sexto colocado (pré-Libertadores)

O Cruzeiro, por ter sido campeão da Copa do Brasil, também está classificado para a Libertadores.

Para a Sul-Americana, até o momento, informa a CBF, seis clubes brasileiros já estão garantidos na competição em 2019: Atlético/PR, Botafogo, Santos, Bahia, Fluminense e Corinthians. Se o Atlético/PR for campeão da sul-americana neste ano (disputa a final com J. Barranquilla, da Colômbia), abre mais uma vaga, para a Chapecoense.

Para 2019, foram rebaixados da série A para a série B o América/MG, Sport, Vitória e Paraná. Obtiveram o acesso da segunda para a primeira divisão o Fortaleza, o CSA, o Avaí e o Goiás.

TODOS OS CAMPEÕES BRASILEIROS

1959 Bahia, campeão | Santos, vice
1960 Palmeiras, campeão | Fortaleza, vice
1961 Santos, campeão | Bahia, vice
1962 Santos, campeão | Botafogo, vice
1963 Santos, campeão | Bahia, vice
1964 Santos, campeão | Flamengo, vice
1965 Santos, campeão | Vasco da Gama, vice
1966 Cruzeiro, campeão | Santos, vice
1967 Palmeiras, campeão | Náutico, vice (Taça Brasil)
1967 Palmeiras, campeão | Internacional, vice (Torneio Roberto Gomes Pedrosa)
1968 Botafogo, campeão | Fortaleza, vice (Taça Brasil)
1968 Santos, campeão | Internacional, vice (Torneio Roberto Gomes Pedrosa)
1969 Palmeiras, campeão | Cruzeiro, vice
1970 Fluminense, campeão | Palmeiras, vice
1971 Atlético Mineiro, campeão | São Paulo, vice
1972 Palmeiras, campeão | Botafogo, vice
1973 Palmeiras, campeão | São Paulo, vice
1974 Vasco, campeão | Cruzeiro, vice
1975 Internacional, campeão | Cruzeiro, vice
1976 Internacional, campeão | Corinthians, vice
1977 São Paulo, campeão | Atlético Mineiro, vice
1978 Guarani, campeão | Palmeiras, vice
1979 Internacional, campeão | Vasco da Gama, vice
1980 Flamengo, campeão | Atlético Mineiro, vice
1981 Grêmio, campeão | São Paulo, vice
1982 Flamengo, campeão | Grêmio, vice
1983 Flamengo, campeão | Santos, vice
1984 Fluminense, campeão | Vasco da Gama, vice
1985 Coritiba, campeão | Bangu, vice
1986 São Paulo, campeão | Guarani, vice
1987 Sport, campeão | Guarani, vice
1988 Bahia, campeão | Internacional, vice
1989 Vasco da Gama, campeão | São Paulo, vice
1990 Corinthians, campeão | São Paulo, vice
1991 São Paulo, campeão | Bragantino, vice
1992 Flamengo, campeão | Botafogo, vice
1993 Palmeiras, campeão | Vitória, vice
1994 Palmeiras, campeão | Corinthians, vice
1995 Botafogo, campeão | Santos, vice
1996 Grêmio, campeão | Portuguesa de Desportos, vice
1997 Vasco da Gama, campeão | Palmeiras, vice
1998 Corinthians, campeão | Cruzeiro, vice
1999 Corinthians, campeão | Atlético Mineiro, vice
2000 Vasco da Gama, campeão | São Caetano, vice
2001 Atlético Paranaense, campeão | São Caetano, vice
2002 Santos, campeão | Corinthians, vice
2003 Cruzeiro, campeão | Santos, vice
2004 Santos, campeão | Atlético Paranaense, vice
2005 Corinthians, campeão | Internacional, vice
2006 São Paulo, campeão | Internacional, vice
2007 São Paulo, campeão | Santos, vice
2008 São Paulo, campeão | Grêmio, vice
2009 Flamengo, campeão | Internacional, vice
2010 Fluminense, campeão | Cruzeiro, vice
2011 Corinthians, campeão | Vasco da Gama, vice
2012 Fluminense, campeão | Atlético Mineiro, vice
2013 Cruzeiro, campeão | Grêmio, vice
2014 Cruzeiro, campeão | São Paulo, vice
2015 Corinthians, campeão | Atlético Mineiro, vice
2016 Palmeiras, campeão | Santos, vice
2017 Corinthians, campeão | Palmeiras, vice
2018 Palmeiras, campeão | Flamengo, vice

OS MAIORES CAMPEÕES*:

1º Palmeiras – 10 títulos e 4 vice-campeonatos
2º Santos – 8 títulos e 7 vice-campeonatos
3º Corinthians – 7 títulos e 3 vice-campeonatos
4º São Paulo – 6 títulos e 6 vice-campeonatos
5º Flamengo – 5 títulos e 2 vice-campeonatos
6º Cruzeiro – 4 títulos e 5 vice-campeonatos
7º Vasco da Gama – 4 títulos e 4 vice-campeonatos
8º Fluminense – 4 títulos e nenhum vice-campeonato
10º Internacional – 3 títulos e 6 vice-campeonatos
11º Botafogo – 2 títulos e 3 vice-campeonatos
12º Grêmio – 2 títulos e 3 vice-campeonatos
13º Bahia – 2 títulos e 2 vice-campeonatos
14º Atlético Mineiro – 1 título e 5 vice-campeonatos
15º Guarani – 1 título e 2 vice-campeonatos
16º Atlético Paranaense – 1 título e 1 vice-campeonato
17º Coritiba – 1 título e nenhum vice-campeonato
18º Sport Recife – 1 título e nenhum vice-campeonato
19º Fortaleza – nenhum título e 2 vice-campeonatos
20º São Caetano – nenhum título e 2 vice-campeonatos
21º Náutico – nenhum título e 1 vice-campeonato
22º Bangu – nenhum título e 1 vice-campeonato
23º Bragantino – nenhum título e 1 vice-campeonato
24º Portuguesa de Desportos – nenhum título e 1 vice-campeonato

*Critérios de desempate: 1) Número de vice-campeonatos; 2) Número de conquistas mais antigas

Imagem em destaque: o zagueiro Edu Dracena levanta a taça conquistada pelo Palmeiras. Foto de Lucas Figueiredo/CBF


GOSTOU DO MACUCO?

Ajude a gente a se manter e a continuar produzindo conteúdo útil. Você pode:

  • Ser um assinante colaborador, depositando qualquer quantia, com a frequência que for melhor pra você. Nossa conta: Caixa – Agência 1525 Op. 001 Conta Corrente 000022107 (Wagner de Alcântara Aragão, mantenedor da Rede Macuco; CPF 257.618.408-12)
  • Ser um anunciante, para expor seu produto, ou serviço que você oferece. A gente faz plano adequado à sua condição financeira, baratinho. Entre em contato pelo whatsapp ou telegram: 13-92000-2399
  • Para mais informações sobre qualquer uma das opções, ou se quiser colaborar de outra forma, escreva pra gente: redemacuco@protonmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 + 2 =