Mirada, quando a Pátria Grande se une pela arte

O Festival Ibero Americano de Artes Cênicas de Santos chega à quinta edição homenageando a Colômbia e com espetáculos de 13 países de línguas portuguesa e espanhola

Por Wagner de Alcântara Aragão (@waasantista) | De Santos (SP)

A onda conservadora que vem devastando a América Latina de dois, três anos para cá, alinhada com o império norte-americano, desfez o movimento de integração continental em curso da virada do milênio para cá. Mas, da arte, vem a resistência, e a ligação entre os povos.

Está aí o Mirada – Festival Ibero Americano de Artes Cênicas de Santos, para mostrar que a força da Pátria Grande está na raiz de suas origens.

O Mirada chega à sua quinta edição homenageando a Colômbia, mas conta com mais de 40 apresentações – teatro, dança, instalações e intervenções artísticas, performances – de países latino-americanos, além de Espanha e Portugal. Boa parte desses espetáculos são inéditos no Brasil, e alguns terão lançamento mundial no evento.

Referências ao Mirada estão pela orla de Santos. Foto: @waasantista

O Festival Ibero Americano de Artes Cênicas do litoral paulista começa nesta quarta, dia 5, e segue até o dia 15. Os espetáculos ocorrem em 12 espaços em Santos e em outros tanto nos demais oito municípios que formam a Região Metropolitana da Baixada Santista.

Promovido pelo Sesc-SP, o Mirada busca levar “ao encontro, ao intercâmbio, à reflexão e ao debate coletivo”, conforme salienta o diretor do Sesc paulista, Danilo Santos de Miranda.

Declara ele, em texto de divulgação do evento: “Reverberando pautas urgentes e necessárias, por meio de temáticas relacionadas aos princípios  democráticos  e  às  liberdades  criativas,  o  Mirada  pretende fortalecer nosso compromisso com a rica diversidade ibero-americana ao conectar e envolver diferentes pontos desse corredor sociocultural. Trata-se de fortalecer o papel das artes como vetor de celebração, mudança e resistência”.

Cena de La Despedida. Foto de divulgação

Em artigo na Revista Continente, de Pernambuco, o diretor e produtor teatral Pedro Vilela enaltece a diversidade proporcionada pelo Mirada. Entre tantos destaques que faz à programação, dedica palavras especiais a”‘La Despedida’, espetáculo que constitui a última peça do projeto ‘Anatomía de la Violencia en Colombia’, desenvolvido pelo Mapa Teatro”.

Vilela explica: “Essa pesquisa, iniciada ainda em 2010, sobre os acordos de paz entre o estado colombiano e a mais antiga guerrilha do continente americano, as Forças Armadas Revolucionárias da Colombia – Exércíto do Povo (Farc–EP), desemboca nessa obra que, como bem define o grupo, é ‘uma alegoria dos dispositivos de guerra e de morte, utilizados por três dos atores da violência na Colômbia (guerrilha, paramilitarismo e narcotráfico)'”.

INGRESSOS

  • Os espetáculos têm ingresso a valores acessíveis, se comparados aos regularmente cobrados. As vendas ocorrem pelo site do Sesc (www.sescsp.org.br) e em bilheterias do próprio Sesc-SP. Crianças até 12 anos não pagam.

PROGRAMAÇÃO

INFORMAÇÕES GERAIS

Imagem em destaque: entrada do Sesc Santos. Foto de @waasantista


GOSTOU DO MACUCO?

Ajude a gente a se manter e a continuar produzindo conteúdo útil. Você pode:

  • Ser um assinante colaborador, depositando qualquer quantia, com a frequência que for melhor pra você. Nossa conta: Caixa – Agência 1525 Op. 001 Conta Corrente 000022107 (Wagner de Alcântara Aragão, mantenedor da Rede Macuco; CPF 257.618.408-12)
  • Ser um anunciante, para expor seu produto, ou serviço que você oferece. A gente faz plano adequado à sua condição financeira, baratinho. Entre em contato pelo whatsapp ou telegram: 13-92000-2399
  • Para mais informações sobre qualquer uma das opções, ou se quiser colaborar de outra forma, escreva pra gente: redemacuco@protonmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 + 7 =