Brincadeiras, aprendizado e comida saudável: é o Encontro Sem Terrinha

Mais de 1,2 mil crianças de acampamentos e assentamentos do MST estão em Brasília participando das atividades. Programação se estende até esta quinta-feira, dia 26

Da Página do MST | De Brasília

Mais de 1,2 mil crianças dos acampamentos e assentamentos do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) em todo o país participam o 1º Encontro Nacional das Crianças Sem Terrinha, em Brasília.

O Encontro Sem Terrinha – que promove atividades artísticas, culturais, educacionais, de lazer e de saúde – começou na segunda, dia 23, e termina nesta quinta, dia 26.

A abertura contou com ato apresentando a história do MST e a presença das crianças ao longo dos 34 anos de vida do Movimento.

Os Sem Terrinha presentes trouxeram muita energia para a plenária, que contagiou todos no Parque da Cidade, local onde ocorre o evento, na capital federal.

Participaram também do ato representantes da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), diversos partidos políticos, além da presença do Movimento Campesino de Santiago Del Estero (Mocase), da Argentina.

DEPOIMENTO DAS CRIANÇAS

A Sem Terrinha Sara Carvalho, do Espírito Santo, reforçou a importância da realização do Encontro em Brasília: “Estou muito feliz por estar aqui e poder lutar por nossos direitos, mas também brincar e conhecer outros colegas do Brasil inteiro e poder ver como somos fortes juntos”.

A menina acrescentou, contando sua experiência nos assentamentos e acampamentos: “Os Sem Terrinha se colocam a favor da vida, da construção de uma sociedade que possamos ter terra, moradia e todos os direitos sejam garantidos. Nascemos nos acampamentos e assentamentos e lá aprendemos a viver coletivamente, a repartir o alimento e coletivamente nos fortalecer. Nós, Sem Terrinha, somos frutos dessa luta e continuadores dela”.

Entre a programação do Encontro uma série de oficinas provocam as crianças do MST à produção em suas diversas linguagens: literária, o cinema, o teatro, a pintura… São diversas as possibilidades dos Sem Terrinha expressarem seus anseios e sonhos para o presente e para o futuro.

De acordo com Márcia Ramos, o Encontro Sem Terrinha “pretende também socializar a arte, a cultura, o estudo, a luta e a coletividade, como pilares importantes na construção da Reforma Agrária Popular. É também o momento da gente discutir o futuro de um mundo melhor, desenhando e pintando com as nossas mãos os sonhos que nós queremos para todo o mundo”, explicou.

Página com notícias, fotos e vídeos do Encontro: www.mst.org.br/sem-terrinha

O Encontro conta com a participação das crianças dos 24 estados (incluindo o Distrito Federal) onde o MST está organizado.

Imagem em destaque: atividade lúdica no Encontro Sem Terrinha. Foto de Elitiel Guedes/MST


GOSTOU DO MACUCO?

Ajude a gente a se manter e a continuar produzindo conteúdo útil. Você pode:

  • Ser um assinante colaborador, depositando qualquer quantia, com a frequência que for melhor pra você. Nossa conta: Caixa – Agência 1525 Op. 001 Conta Corrente 000022107 (Wagner de Alcântara Aragão, mantenedor da Rede Macuco; CPF 257.618.408-12)
  • Ser um anunciante, para expor seu produto, ou serviço que você oferece. A gente faz plano adequado à sua condição financeira, baratinho. Entre em contato pelo whatsapp ou telegram: 13-92000-2399
  • Para mais informações sobre qualquer uma das opções, ou se quiser colaborar de outra forma, escreva pra gente: redemacuco@protonmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 + 5 =