Os fóruns da água, em Brasília. Em boa hora

O Fórum Mundial da Água e, em contraponto, o Fórum Alternativo Mundial da Água promovem debates  entre autoridades, especialistas e ativistas, além de atividades artísticas

Com informações da Agência Brasil e do Conselho Mundial da Água

No momento em que o governo golpista ensaia a privatização do Aquífero Guarani – maior reserva de água potável do planeta -, Brasília recebe de domingo, dia 18, ao dia 23 o 8º Fórum Mundial da Água; e em paralelo, já a partir deste sábado, 17, o Fórum Alternativo Mundial da Água.

Serão mais de 200 debates na programação oficial, além de centenas de outras atividades paralelas no fórum alternativo, que buscam alertar a sociedade brasileira e global para a importância de se garantir o acesso universal, racional e sustentável dos recursos hídricos.

O Fórum Mundial da Água é organizado pelo Conselho Mundial da Água, constituído de representantes de instituições de diversos segmentos da sociedade (governos, empresas, universidades, organizações sociais), de todo o planeta.

FÓRUM ALTERNATIVO

Para tratar essencialmente das demandas, necessidades dos povos e comunidades ribeirinhas, em paralelo ocorre também o Fórum Alternativo Mundial da Água. O evento é organizado por movimentos sociais e o objetivo é incluir a população em debates sobre o uso do recurso hídrico.

O Fórum Alternativo também vai contar com cerca de 200 atividades, como mesas redondas, seminários e painéis, e serão divididas entre a Universidade de Brasília e o Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade.

Estão confirmadas 33 entidades brasileiras, como população indígena, quilombola, grupos de pequenos agricultores e pescadores. As discussões resultarão em um documento final de manifesto.

A expectativa é que 10 mil pessoas participem do evento, aberto e gratuito.

SERVIÇO:
Fórum Alternativo Mundial da Água
De 17 a 22 de março
Das 8 às 20 horas
Na Universidade de Brasília e no Pavilhões de Exposições do Parque da Cidade

8º Fórum Mundial da Água
De 18 a 23 de março
No Centro de Convenções Ulysses Guimarães e no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha

Foto de destaque: Bacia do Rio Amazonas. Por Lindrielli Rocha Lemos


GOSTOU DA REDE MACUCO?

Ajude a gente a se manter e a continuar produzindo conteúdo útil. Você pode:

  • Ser um assinante colaborador, depositando qualquer quantia, com a frequência que for melhor pra você. Nossa conta: Caixa – Agência 1525 Op. 001 Conta Corrente 000022107 (Wagner de Alcântara Aragão, mantenedor da Rede Macuco; CPF 257.618.408-12)
  • Ser um anunciante, para expor seu produto, ou serviço que você oferece. A gente faz plano adequado à sua condição financeira, baratinho. Entre em contato pelo whatsapp ou telegram: 13-92000-2399
  • Para mais informações sobre qualquer uma das opções, ou se quiser colaborar de outra forma, escreva pra gente: waajornalista@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 + 5 =