Viagem ao Mercosul dispensa passaporte, mas exige RG em dia

A carteira de motorista não é aceita para ingresso nos países do bloco. Confira orientações da gerente do Poupatempo Guarulhos

Com informações da Agência SP Notícias; foto: @waasantista

As férias de verão terminaram, mas a expectativa por uma folga mais alongada – um feriadão, por exemplo – ameniza a saudade por dias de lazer, descanso, passeios. É comum neste momento muita gente começar a preparar a próxima viagem. E se o destino planejado for algum país do Mercosul, vale observar que, embora haja trânsito livre, há algumas restrições quanto à documentação exigida para ingresso.

A entrada em países do bloco dispensa passaporte. É possível utilizar apenas a carteira de identidade, o RG. No entanto, embora por lei o documento não tenha prazo de validade, as companhias aéreas, bancos e cartórios costumam rejeitar RG com expedição superior a dez anos.

CARTEIRA DE IDENTIDADE PROVISÓRIA

No Poupatempo Guarulhos, que funciona no Internacional Shopping Guarulhos (o mais perto do Aeroporto Internacional de Guarulhos), é possível solicitar uma carteira de identidade provisória para viajar, desde que o documento original seja do Estado de São Paulo. Para isso, o turista tem que apresentar o comprovante de viagem com data marcada para as próximas 48 horas.

Quem tem a identidade desatualizada de outro Estado não consegue renovar o documento em prazo inferior a dez dias úteis.

“Muitas pessoas acham que a carteira nacional de habilitação (CNH) substitui o RG, mas para viajar para os países do Mercosul o único documento aceito, além do passaporte, é a carteira de identidade”, acrescenta a gerente dos postos Poupatempo Guarulhos e Sé, Maria Auxiliadora Montenegro.

Segundo ela, as empresas aéreas já impedem o embarque dos turistas que não estão com o documento em dia para evitar que eles tenham problemas ainda maiores. “Se chegar ao destino sem a documentação em ordem o turista é proibido de permanecer no país e o transtorno é maior ainda”, acrescenta, lembrando que a exigência é dos países membros do Mercosul (Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai, são Estados Membros, junto com Bolívia – em processo de ingresso – e Venezuela, suspensa. Chile, Colômbia, Equador, Guiana, Peru e Suriname são Estados Associados)

A recomendação do Poupatempo para que os cidadãos evitem dor de cabeça é manter o RG atualizado, solicitando uma segunda via antes que a data de emissão complete dez anos.


GOSTOU DO MACUCO?

Ajude a gente a se manter e a continuar produzindo conteúdo útil. Você pode:

  • Ser um assinante colaborador, depositando qualquer quantia, com a frequência que for melhor pra você. Nossa conta: Caixa – Agência 1525 Op. 001 Conta Corrente 000022107 (Wagner de Alcântara Aragão, mantenedor da Rede Macuco; CPF 257.618.408-12)
  • Ser um anunciante, para expor seu produto, ou serviço que você oferece. A gente faz plano adequado à sua condição financeira, baratinho. Entre em contato pelo whatsapp ou telegram: 13-92000-2399
  • Para mais informações sobre qualquer uma das opções, ou se quiser colaborar de outra forma, escreva pra gente: waajornalista@gmail.com

Clique aqui para obter “Duas Noites – o reencontro de Santos com o samba de carnaval” e “Macuco – dez anos de blogagem”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 + 1 =