Exposição relembra o pânico com a Aids

O preconceito, a falta de informação e o alarmismo dos meios de comunicação no início dos anos 1980 estão registrados em mostra da Fiocruz, no Rio de Janeiro

Por André Bezerra, do Icict/Fiocruz

No Dia Mundial de Luta contra a Aids, 1º de dezembro, a Biblioteca de Manguinhos da Fiocruz inaugurou a exposição “Aids nos anos 80: medo e preconceito”, com documentos e arquivos históricos mostrando o alarme, o estigma e a discriminação nos veículos de comunicação da época.

De acordo com os organizadores, a mostra reúne uma série de notícias da década em que se iniciou a epidemia de HIV/Aids, revelando como os veículos de comunicação trataram o assundo, muitas vezes de forma alarmista, promovendo a discriminação e estigmatização das pessoas que conviveram com a doença, além de outras obras do acervo como cartazes e materiais educativos.

Atualmente em fase de tratamento técnico, a Coleção Abia está sob a guarda da Biblioteca de Manguinhos desde 2014 e já disponibiliza fitas, DVDs, teses e dissertações a estudantes e pesquisadores, e agora promove acesso de outros materiais à comunidade. Trata-se de um acervo de grande significado sobre a trajetória brasileira na luta contra a epidemia de Aids, reunindo mais de 32 mil itens, de mais de 40 países.

COLEÇÃO

Esta é a primeira exibição organizada pela instituição a partir do acervo da Associação Brasileira Interdisciplinar de Aids (Abia), que se encontra sob a gestão do Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (Icict/Fiocruz).

A Abia, desde sua criação, vem investindo na sistematização de informações sobre a epidemia, reunindo documentos sobre Aids em seu Centro de Documentação e Recursos (Cedoc). Seu objetivo consiste em fornecer à sociedade brasileira uma fonte estratégica de dados e informações relacionadas à epidemia. Durante esses anos, o Cedoc buscou abrigar todo o conhecimento produzido no Brasil e no mundo a respeito da epidemia de Aids.

A exposição está aberta a visitação do dia 1º de dezembro de 2017 até 5 de janeiro de 2018, no saguão da Biblioteca de Manguinhos, com entrada gratuita.

  • Exposição
    Aids nos anos 80: medo e preconceito – o alarme, o estigma e a discriminação nos veículos de comunicação
    De 1º de dezembro de 2017 até 05 de janeiro de 2018. Entrada gratuita
    Local: Biblioteca de Manguinhos
    Pavilhão Haity Moussatché – Campus Fiocruz
    Av. Brasil, 4.365 – Manguinhos – Rio de Janeiro – RJ

GOSTOU DO MACUCO?

Ajude a gente a se manter e a continuar produzindo conteúdo útil. Você pode:

  • Ser um assinante colaborador, depositando qualquer quantia, com a frequência que for melhor pra você. Nossa conta: Caixa – Agência 1525 Op. 001 Conta Corrente 000022107 (Wagner de Alcântara Aragão, mantenedor da Rede Macuco)
  • Ser um anunciante, para expor seu produto, ou serviço que você oferece. A gente faz plano adequado à sua condição financeira, baratinho. Entre em contato pelo whatsapp ou telegram: 41-99196-3498
  • Para mais informações sobre qualquer uma das opções, ou se quiser colaborar de outra forma, escreva pra gente: waajornalista@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 + 6 =