A literatura da Amazônia paraense

I Feria Literária Internacional do Xingu ocorre na semana que vem, em Altamira, como espaço de valorização da cultura do Norte do país

Por Alice Palmeira, da Assessoria de Comunicação da UFPA | Foto: autoria não identificada

Com a organização do Campus de Altamira da Universidade Federal do Pará (UFPA), será realizada a “I Feira Literária Internacional do Xingu – Outras Margens” (Flix), de 31 de outubro a 3 de novembro, no Centro de Eventos de Altamira e na UFPA Campus Altamira. A feira visa valorizar a produção literária da Amazônia paraense, assim como a diversidade cultural da Mesorregião do Xingu. As inscrições são gratuitas.

O primeiro dia do evento consiste no credenciamento dos participantes, das 9h às 18h, seguido da cerimônia de abertura e do show cultural de abertura, às 22h.

No segundo dia, ocorrerá a primeira mesa temática, “Narrativas orais indígenas do Xingu”, assim como a primeira sessão de lançamento de obras, com temática indígena, e as oficinas. Nesse dia, também serão realizadas as mesas de diálogos “Direito Amazônico e Diálogos Interinstitucionais” e “Políticas Públicas Indígenas: Análise Comparativa EUA e Brasil”, das 14h às 18h30. Ao fim do dia, ocorrerá a Conferência “Literatura e Cultura Amazônica” e o show cultural.

A programação do terceiro dia conta com a mesa temática “Ensino de Literatura e a formação do leitor”, às 9h, e com outra sessão de lançamento de obras. Também apresentará três mesas de diálogos, das 14 às 16h, seguida das oficinas, da conferência e do show cultural. O último dia terá início às 9h, com a terceira mesa temática e a sessão de lançamento de obras. A seguir, ocorrerão as últimas mesas de diálogos, oficinas e conferência. Por fim, às 21h, o evento celebrará o show cultural.

REALCE

A Flix pretende criar um espaço artístico, cultural e socioambiental que realce a produção amazônica, com foco principal nas expressões identitárias do Xingu em relação à diversidade da cultura brasileira. Além disso, também visa incentivar o ensino, a pesquisa e a inovação tecnológica, criando um espaço permanente de resgate artístico, cultural e socioambiental literário da Amazônia paraense.

Sendo assim, a feira homenageará o escritor Dom Eurico Krautler, Doutor Honoris Causa da UFPA; o autor Dalcídio de Jurandir e a escritora paraense Lindanor Celina (foto), pelo seu centenário de nascimento, além de apresentar literatura de outros países (Canadá, Colômbia, México e França), com a professora de Teoria Literária da Universidade de Paris-Sorbonne, Catherine Dummas, e o escritor Marcos Colon, da Universidade de Wisconsin-Madison.

ESTIMATIVA DE PÚBLICO

A organização da Flix estima receber um público de dez a 20 mil visitantes, incluindo estudantes, professores e turistas. Espera também que o evento movimente a economia local, por uso dos bens e serviços municipais, além de ser o ponto de partida para o resgate cultural e artístico da Mesorregião do Xingu, tendo como estreia a própria I Feira Literária Internacional do Xingu no Município de Altamira.

A feira tem o apoio do Ministério da Cultura, da Secretaria de Estado de Cultura, da Secretaria de Estado de Educação e da PROEX/UFPA – por meio da Diretoria de Cultura -, e conta com a efetiva participação da Faculdade de Letras do Campus de Altamira, da Academia Altamirense de Letras, das representações Indígenas do Médio Xingu e de artistas e escritores locais, regionais, nacionais e internacionais. Conta, também, com o apoio da Academia Paraense de Letras, do Consórcio BM de Municípios do Xingu, do Distrito Sanitário Especial de Saúde Indígena, da PDRSX, do Exército e da Marinha do Brasil e dos governos federal, estadual e municipal.


GOSTOU DO MACUCO?

Ajude a gente a se manter e a continuar produzindo conteúdo útil. Você pode:

  • Ser um assinante colaborador, depositando qualquer quantia, com a frequência que for melhor pra você. Nossa conta: Caixa – Agência 1525 Op. 001 Conta Corrente 000022107 (Wagner de Alcântara Aragão, mantenedor da Rede Macuco)
  • Ser um anunciante, para expor seu produto, ou serviço que você oferece. A gente faz plano adequado à sua condição financeira, baratinho. Entre em contato pelo whatsapp ou telegram: 41-99196-3498
  • Para mais informações sobre qualquer uma das opções, ou se quiser colaborar de outra forma, escreva pra gente: waajornalista@gmail.com

O resgate do Carnaval de Santos contado em um livro reportagem. Clique aqui para obter um exemplar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 + 6 =