Brisa, a cachorrinha feliz eternizada em história pra criança

Inspirada no animal de estimação da família, a jornalista Tina Demarche publica seu primeiro livro para o público infantil; lançamento é sábado, em Curitiba, junto com outra obra, de Cintia Végas

Por Wagner de Alcântara Aragão

Com quase 30 anos de profissão, uma das mais competentes e versáteis jornalistas do Paraná, Tina Demarche se envereda agora na literatura também. Neste sábado, dia 20, Tina lança “Eu sou a Brisa, uma cachorrinha feliz!”, seu primeiro livro, e destinado ao público infanto-juvenil.

Em entrevista à Rede Macuco, Tina Demarche conta como amadureceu o antigo sonho de escrever para crianças, fala da felicidade em ver esse sonho concretizado e conta que já pensa em publicar um próximo livro.

O lançamento de “Eu sou Brisa…” ocorre em Curitiba, na Casa Poppins, em evento com brincadeiras para os pequenos e pequenas.

Também será lançado no evento “A menina, o besouro, a lagartixa e o opilião”, da igualmente competente jornalista Cintia Végas, amiga e uma das grandes incentivadoras de Tina no desafio de estrear na literatura infantil (na foto acima, à esquerda, ao lado de Tina).

Confira os tópicos da conversa:

Tina_livro_infanto_juvenil_Brisa

Sonho antigo

Tina conta que escrever para crianças era um sonho antigo, alimentado pelo menos “desde a época da faculdade”. Mas, em razão das circunstâncias – dois empregos, filho para criar – a concretização ia sendo sempre adiada. Até que, no segundo semestre do ano passado, com Brisa, a cachorrinha de estimação da família, “bem velhinha”, Tina começou a escrever histórias do animalzinho, e da história de convívio da família com a cachorrinha. “Quando a Brisa morreu, em setembro, pensei, ‘agora tenho que finalizar essa história’. Vi que não podia esperar mais. Brisa foi minha companheira por 15 anos, escrever sobre ela, a história dela, foi uma forma de homenagear.”

Virando realidade

A colega de profissão Cíntia Vegas foi quem “deu o empurrão” para que a história fosse transformada em livro, afirma Tina. O contato com uma ilustradora – Mariana Basqueira, de Ribeirão Preto (SP) – também fez Tina se decidir por publicar o livro. “Mandei fotos da Brisa para ela, fotos da minha mãe, do veterinário da Brisa. Com as fotos, a Mariana fez um trabalho maravilhoso, com traços delicados. A Mariana foi de uma sensibilidade fantástica. Com a ilustração, pensei, ‘fazer tudo isso e não publicar?’ A ilustração está muito bonita, não podia guardar pra mim”. A resposta que Tina se deu foi sim, sim, o projeto tinha de virar realidade. “Foi então que entrei em contato com a Cláudia Moreira, que é jornalista, radicada em Curitiba, que abriu uma editora há pouco tempo [a Ponto Vital]”. E o livro, enfim, está saindo do forno – uma primeira edição com 100 exemplares estará disponível para ser adquirida no lançamento, sábado agora, 20 de maio.

Processo de criação

A história contada no livro de Tina é real, não inventada. O que exigiu criatividade foi transformar a narrativa numa narrativa palatável ao público infanto-juvenil. Acostumada a escrever muito, e bem, mas textos jornalísticos, o desafio seria acertar no gênero literário (mais que isso: literário infanto-juvenil). Tina ressalta que não encontrou muita dificuldade em se adaptar. “Foi muito prazeroso todo o processo. Desde a [concepção da] ideia, a linguagem [empregada]… Sempre fui muito ligada a livros infantis, incentivadora de leitura para o meu filho, lia muito junto com ele. Tudo veio muito espontâneo, com a preocupação de não escrever termos muito difíceis. Escrevi muito do coração. Foi mais fácil do que pensei.”

Um próximo livro?

A familiaridade com o gênero, o prazer em escrever para crianças, tudo isso faz Tina planejar um novo livro. “Estou pensando em seguir com a historinha da Brisa”, adianta. Até sábado, a expectativa se concentra, porém, no evento de lançamento. “Dá um friozinho na barriga… Estou dividida em duas sensações: o receio de não ir ninguém ou de ir muita gente e não ter livro para todo mundo”, confessa, com graça. “E o lugar de lançamento é especial, a Casa Poppins, com espaço para brincadeiras, vai ter uma cuidadora para as crianças…”

Fica o convite: o evento de lançamento ocorre das 10h às 13h, e a Casa Poppins fica na Sociedade Urca (Rua Albano Reis, 170, Ahú), em Curitiba.

——–

GOSTOU DO MACUCO?

Ajude a gente a se manter e a continuar produzindo conteúdo útil. Você pode:

  • Ser um assinante colaborador, depositando qualquer quantia, com a frequência que for melhor pra você.
  • Ser um anunciante, para expor seu produto, ou serviço que você oferece. A gente faz plano adequado à sua condição financeira, baratinho.
  • Para mais informações sobre qualquer uma das opções, ou se quiser colaborar de outra forma, escreva pra gente: waajornalista@gmail.com

——–

O resgate do Carnaval de Santos contado em um livro reportagem. Clique aqui para obter um exemplar

O resgate do Carnaval de Santos contado em um livro reportagem. Clique aqui para obter um exemplar

 

Um comentário sobre "Brisa, a cachorrinha feliz eternizada em história pra criança"

  1. Com certeza será sucesso. Vou garantir o meu exemplar. Afinal estou viajando de SP para Curitiba para este lançamento,com muito orgulho pois sou amiga pessoal da família. Não poderia ficar de fora deste dia de muita emoção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 + 3 =