A ginástica artística brasileira em mais uma jornada de conquistas

Os atletas disputam neste mês duas etapas da Copa do Mundo. Na primeira, foram dois ouros e dois bronzes, na Eslovênia. Agora, estão na Croácia

Do site do Comitê Olímpico Brasileiro

O ciclo olímpico 2017/2020 começou com saldo positivo para as seleções brasileiras de ginástica artística masculina e feminina, que deram um verdadeiro show na Copa do Mundo de Koper, na Eslovênia. O país encerrou a participação na etapa com um total de quatro medalhas, sendo duas de ouro e duas de bronze.

No sábado, dia 13, Arthur Zanetti e Rebeca Andrade subiram ao topo do pódio nas argolas e no salto. Nas assimétricas, Flávia Saraiva garantiu o bronze. No domingo, dia 14, novo bronze para o Brasil com Thaís Fidelis, na trave, em seu primeiro campeonato internacional de grande porte.

Arthur Zanetti quase garantiu mais um bronze para o país. Campeão olímpico e mundial das argolas e medalha de prata no aparelho nos Jogos Rio 2016, o atleta disputou a decisão do solo e alcançou a nota 13.900, empatado com o holandês Bram Verhofstad. Seria medalha de bronze, mas pelo critério de desempate – prova com maior grau de dificuldade, mas com mais falhas -, Zanetti terminou na quarta colocação. O atleta retornou para competir nas argolas e mostrou, mais uma vez, superioridade no aparelho. Com uma série de alto nível, conquistou a nota 14.850 e o ouro após oito meses sem competir se recuperando de uma cirurgia no ombro esquerdo.

Na final do salto, Rebeca Andrade mostrou muita técnica e conquistou o ouro ao receber 14.600 na média dos dois saltos que realizou. Nas assimétricas, Flávia Saraiva fez uma apresentação limpa e sem falhas em um aparelho que não é a sua especialidade, garantindo o bronze com 13.450 pontos.

No último dia de competições, Flávia Saraiva e Thaís Fidelis representaram o Brasil na trave. Flavinha, quinta melhor no aparelho nos Jogos Rio 2016, abriu as apresentações mas sofreu uma queda e recebeu nota 12.800, terminando em quarto. Penúltima a mostrar sua série, Thaís Fidelis também teve uma queda, mas conquistou o bronze com 12.850.

A delegação embarcou para a Croácia na segunda-feira, dia 15, onde compete na Copa do Mundo de Osijek. As provas em solo croata começam no dia 18 e terminam em 21 de maio.

A equipe que segue em etapas da Copa do Mundo. Foto: Divulgação CBG

A equipe que segue em etapas da Copa do Mundo. Foto: Divulgação CBG

Resultados das finais da Copa do Mundo na Eslovênia:

Solo (GAM):
1º – Eddie Penev (EUA) / 14.400
2º – Donnell Whittenburg (EUA) / 14.300
3º – Bram Verhofstad (HOL) / 13.900
4º – Arthur Zanetti / 13.900

Salto (GAF):
1º – Rebeca Andrade / 14.600
2º – Boglarka Devai (HUN) / 14.150
3º – Teja Belak (SLO) / 14.025

Cavalo:
1º – Saso Bertoncelj (SLO) / 14.900
2º – Zoltan Kallai (HUN) / 14.700
3º – Krisztian Berki (HUN) / 14.600
7º – Francisco Barretto / 12.800

Assimétricas:
1º – Larissa Andreea Iordache (ROM) / 13.800
2º – Elsabeth Black (CAN) / 13.800
3º – Flávia Saraiva / 13.450

Argolas:
1º – Arthur Zanetti / 14.850
2º – Marco Lodadio (ITA) / 14.550
3º – Kiu Chung NG (HKG) / 14.400

Trave
1º Larissa Iordache (ROM) – 14.150
2º Elsabeth Black (CAN) – 13.100
3º Thais Fidelis – 12.850
4º Flávia Saraiva – 12.800

Paralelas
1º Donnell Whittenburg (EUA) – 14.750
2º Josimar Calvo Moreno (COL) – 14.100
3º Marios Georgiou (CYP) – 13.950
8º Lucas Bitencourt – 11.800

Solo
1º Carina Kroell (ALE) – 13.100
2º Elsabeth Black (CAN) – 12.850
3º Barbara Mokosova (SVK) – 12.600
4º Thais Fidelis – 12.550
8º Flavia Saraiva – 3.250

——–

GOSTOU DO MACUCO?

Ajude a gente a se manter e a continuar produzindo conteúdo útil. Você pode:

  • Ser um assinante colaborador, depositando qualquer quantia, com a frequência que for melhor pra você.
  • Ser um anunciante, para expor seu produto, ou serviço que você oferece. A gente faz plano adequado à sua condição financeira, baratinho.
  • Para mais informações sobre qualquer uma das opções, ou se quiser colaborar de outra forma, escreva pra gente: waajornalista@gmail.com

——–

Livro coletânea de post dos dez primeiros anos (2005-2015) do Macuco Blog. Clique aqui para obter um exemplar

Livro coletânea de post dos dez primeiros anos (2005-2015) do Macuco Blog. Clique aqui para obter um exemplar

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 + 8 =