Com o grito do excluídos, X-9 é campeã do Carnaval de Santos

É o 28º título da agremiação, uma das mais antigas do país – por isso chamada de A Pioneira. Vila Mathias, Unidos dos Morros e Amazonense terminaram logo atrás

Por Wagner de Alcântara Aragão, com informações do Santa Portal e A Tribuna

Com o enredo “O grito heroico de um povo”, a X-9 se sagrou campeã dos desfiles das escolas de samba de Santos, ocorridos no último final de semana (dias 17, 18 e 19 de fevereiro). A apuração foi início da tarde desta terça-feira, 21 de fevereiro.

Na avenida, a X-9 abordou as mais diversas formas de mobilização e resistência popular, manifestadas por meio do “grito”. Tratou, por exemplo, do brado dos escravos pela libertação.  Trouxe o pedido por “diretas já”. Fez referência ainda ao grito de “gol” e ao grito na arte – com, por exemplo, o “tupy or not tupy”.

O desfile terminou com uma ala que representava o grito dos excluídos, seguida por um carro alegórico em protesto à crise política que assola ao país.

No dia do desfile – a X-9 foi a última escola a se apresentar na primeira noite, já na madrugada de sábado – o carnavalesco Igor Carneiro confirmou que o intuito da agremiação foi o de fazer uma apresentação de protesto.

“É um enredo político. Eu acho que tem tudo a ver com o momento que estamos vivendo, em que o povo precisa gritar para ser ouvido. É um enredo de fácil identificação com a comunidade e com o público”, declarou, em entrevista ao jornal A Tribuna.

O intérprete de samba da X-9, o Bolinha, referendou as palavras do carnavalesco. “O povo brasileiro é sofrido e sempre tem que gritar por alguma coisa”, disse, também a A Tribuna. “Temos os gritos de Carnaval e de guerra”, comparou.

DISPUTA ACIRRADA

A apuração, acirrada, confirmou a disputa equilibrada que se viu na Passarela do Samba Dráusio da Cruz.

A X-9 e a segunda colocada, a Vila Mathias, terminaram empatas em pontos. No quesito “Harmonia”, a tradicional agremiação do Macuco levou a melhor sobre uma das caçulas do carnaval santista.

Confira como ficou a classificação do grupo especial:

  • X-9 – 179,9 campeã
  • Vila Mathias – 179,9
  • Unidos dos Morros – 179,7
  • Amazonense – 179,3
  • Brasil – 179,0
  • Sangue Jovem – 178,9
  • União Imperial – 178,7
  • Padre Paulo – 169,9 rebaixada para o grupo de acesso

Grupo de acesso:

  • Real Mocidade Santista – campeã, sobe para o grupo especial
  • Bandeirantes do Saboó
  • Dependente do Samba
  • Unidos da Zona Noroeste

Grupo 1:

  • Mãos Entrelaçadas – 179.7 – campeã, sobe para o grupo de acesso
  • Dragões do Castelo – 178,5
  • Império da Vila – 178,4
  • Imperatriz Alvinegra – 177,6
  • Unidos da Baixada Santista – 138,6 – fora do carnaval em 2018

——–

 

O resgate do Carnaval de Santos contado em um livro reportagem. Clique aqui para obter um exemplar

O resgate do Carnaval de Santos contado em um livro reportagem. Clique aqui para obter um exemplar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 + 3 =