Já tem escola de samba na avenida

Desfiles em Santos, dos mais tradicionais do Brasil, ocorrem nesta sexta, sábado e domingo; ao todo, são 17 agremiações.

Da Prefeitura de Santos

Os desfiles das escolas de samba de Santos do Carnaval 2017 ocorrem desta sexta-feira (17 de fevereiro) até domingo (19) na Passarela do Samba Dráuzio da Cruz, localizada na Avenida Afonso Schmidt, no bairro Areia Branca, na Zona Noroeste. Todas as noites a pista será aberta às 21h, com o desfile da Corte Carnavalesca; na sequência, entram as agremiações da Cidade.

Nesta sexta, a folia começa com duas escolas do Grupo de Acesso, que são Unidos da Zona Noroeste e Real Mocidade Santista. Em seguida desfilam quatro agremiações do Grupo Especial: Sangue Jovem, União Imperial, Brasil e X-9.

A ordem de grupos é repetida na noite de sábado, que começa com Bandeirantes do Saboó e Mocidade Dependente do Samba, pelo Acesso, e Vila Mathias, Mocidade Independente de Padre Paulo, Unidos dos Morros e Mocidade Amazonense, fechando a folia do Grupo Especial.

O Grupo 1 desfila no domingo, com Dragões do Castelo, Império da Vila, Mãos Entrelaçadas, Unidos da Baixada e Imperatriz Alvinegra.

Quesitos técnicos

As escolas que integram o Grupo Especial têm o mínimo de 40 e o máximo de 55 minutos para realizar seu desfile. As do Acesso e Grupo 1 têm de 30 a 45 minutos. O intervalo entre cada desfile é de 30 minutos.

O número mínimo de integrantes das escolas do Grupo Especial é 700, contados por meio de catraca com numerador. Já o de foliões do Acesso é 350, e do Grupo 1, 300, com método de contagem idêntico.

As escolas participantes do Especial devem ter Comissão de Frente, Ala das Baianas e Bateria com um número mínimo de oito e máximo de 15, mínimo de 20 e mínimo de 80 componentes, respectivamente. Já os Grupos de Acesso e 1 precisam apresentar Comissão de Frente, Ala das Baianas e Bateria com um número mínimo de oito e máximo de 12, mínimo de 13 e mínimo de 40 componentes, respectivamente.

A quantidade de carros alegóricos não poderá ser inferior a dois e superior a três, considerando o Abre-Alas, no Grupo Especial. No Acesso e Grupo 1, pode variar de um a dois, também sem contar o Abre-Alas. Os veículos não podem medir mais de 5 metros de altura e 6 metros de largura para transporte e até 10 metros de altura e 8 metros de largura para o desfile.

Julgamento

A Comissão Julgadora do desfile será integrada por 27 componentes, garantindo-se três julgadores por quesito, indicados exclusivamente pela Liga Independente e Cultural das Escolas de Samba de Santos (Licess). Os quesitos são bateria, harmonia, evolução, enredo, samba de enredo, fantasias, alegorias e adereços, mestre-sala e porta-bandeira e comissão de frente. O julgador deverá atribuir notas inteiras ou fracionadas em 0,1 de ponto, de 8 a 10, para o quesito que estiver julgando.

A apuração será realizada na próxima terça, dia 21, às 12h, em local a ser designado pela Comissão de Carnaval e pela Licess, tendo acesso à área destinada apenas a imprensa e quatro representantes de cada escola, previamente credenciados.

Acesso e decesso

A escola do Grupo Especial com menor pontuação cairá para o Grupo de Acesso no Carnaval de 2018, assim como a primeira colocada do Acesso subirá para o Grupo Especial, contando que obtenha pontuação igual ou superior a 170.

A última colocada do Acesso cairá para o Grupo 1, assim como a vencedora do Grupo 1 subirá para o Acesso, contando que também obtenha pontuação total igual ou superior a 170. No caso de empate de duas agremiações nas últimas colocações dos grupos Especial e Acesso, esgotados os critérios de desempate, ambas serão rebaixadas ao grupo subsequente.

Premiações

O Município de Santos concederá às três primeiras colocadas do Grupo Especial as premiações de R$ 35.805,00 (primeiro lugar), R$ 29.205,00 (segundo lugar) e R$ 23.155,00 (terceiro lugar). O Acesso terá R$ 17.105,00 destinados à vencedora. A campeã do Grupo 1 recebe troféu.

>>>>Acompanhe em tempo real:

>>>>Confira também:

——–

 

O resgate do Carnaval de Santos contado em um livro reportagem. Clique aqui para obter um exemplar

O resgate do Carnaval de Santos contado em um livro reportagem. Clique aqui para obter um exemplar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 + 6 =